Estados do Nordeste estudam alternativas para incentivar aviação regional

3 de Maio de 2010

O Nordeste deve ganhar em breve uma nova companhia aérea que terá como foco principal criar rotas interligando as capitais e os principais aeroportos do interior dos nove estados da Região. Os governadores do Ceará, Cid Gomes; do Piauí, Wilson Martins, e de Pernambuco, Eduardo Campos, em reunião nesta segunda-feira (3), em Teresina, decidiram que analisarão propostas de redução de ICMS para aviação regional, procurarão a Anac para solucionar problemas de homologação de aeroportos e discutirão com o Ministério do Turismo a divulgação das rotas. O secretário do Turismo, Bismarck Maia, participou da reunião.

 

“É imprescindível para o desenvolvimento do turismo no Nordeste, que mais rotas de aviões sejam criadas. Não é mais possível que as capitais nordestinas não sejam todas interligadas via aérea”, afirmou o secretário Bismarck Maia. Segundo ele, a abertura de rotas ligando os aeroportos contribuirá para a atração de mais turistas de outras regiões, já que poderão permanecer mais tempo, conhecendo mais destinos e a um custo menor, e fomentará o turismo entre os estados nordestinos.

 

A empresa aérea NoAr, do empresário Vicente Rodrigues, deseja implantar as rotas ligando os principais aeroportos do Nordeste através de aviões para até 19 passageiros. “São aeronaves mais baratas e econômicas e que tem autonomia de cerca de 400 quilômetros. Elas são ideais para realizar estes voos”, destacou Rodrigues.

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br/ 85 3101.6247