Governo do Estado constrói policlínica e CEO em Maracanaú

3 de Maio de 2010

O Governo do Estado começa a construir duas unidades regionais de saúde em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. Nesta terça-feira, 4 de maio, às 19 horas, o governador Cid Gomes e o secretário da Saúde, Arruda Bastos, assinam a ordem de serviço da policlínica e do Centro de Especialidades Odontológicas. A solenidade de assinatura será na Rua Projetada, s/n, centro de Maracanaú.

 

Na policlínica e no CEO o investimento supera R$ 12 milhões. Somente na policlínica são mais de R$ 10 milhões, sendo R$ 5.270.040,33 em obras e R$ 5.253.725,00 na aquisição de equipamentos. Na compra de equipamentos, os recursos são exclusivamente do Tesouro do Estado. Nas obras, 62,36% são do financiamento com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e 37,64% do Tesouro Estadual. No CEO, o investimento nas obras é de R$ 992.246,63. Na aquisição de equipamentos, mais R$ 1.100.000,00. Tanto na obra como nos equipamentos do CEO há financiamento do BID. 

 

A policlínica e o CEO irão atender os 457.473 habitantes dos municípios de Maracanaú, Acarape, Barreira, Guaiúba, Maranguape, Pacatuba, Palmácia e Redenção com serviços especializados em saúde. Os oito municípios integram a 3º Coordenadoria Regional de Saúde.

 

Na policlínica regional tipo II em Maracanaú a população terá acesso na própria região a serviços em 13 especialidades: oftalmologia, otorrinolaringologia, clínica geral, cirurgia, cardiologia, ginecologia, mastologia, gastroenterologia, urologia, traumato-ortopedia, endocrinologia, neurologia, angiologia. E ainda vai ter acesso garantido a serviços de radiologia, mamografia, ultrassonografia, endoscopia, ergometria, eletrocardiograma, audiometria, ecocardiografia, endoscopia respiratória, eletroencefalograma e a exames de tomografia computadorizada. Muitas vezes os pacientes são transferidos para a capital porque na rede pública só o HGF realiza a tomografia computadorizada.

 

No CEO regional os moradores dos oito municípios passarão a receber assistência especializada em saúde bucal. Serão oferecidos serviços de ortodontia, periodontia, endodontia, cirurgias, próteses, incluindo também diagnóstico do câncer de boca. As pessoas com deficiência serão acolhidas e receberão o tratamento em estrutura adequada no novo CEO.

   

Do total de 21 policlínicas regionais que o Governo do Estado está construindo através do Programa de Expansão e Melhoria da Assistência Especializada à Saúde do Estado do Ceará, sete já estão com as obras em fase final. Devem ser inauguradas até agosto em Baturité, Camocim, Acaraú, Russas, Pacajus, Tauá e Campos Sales. O Programa inclui também dois hospitais regionais, que estão sendo construídos em Juazeiro do Norte e em Sobral, e ainda  17 Centros de Especialidades Odontológicas. Cinco CEO já foram concluídos em Baturité, Ubajara, Juazeiro do Norte, Russas e Acaraú.

 

03.05.2010

 

Assessoria de Imprensa da Sesa
Selma Oliveira (selma.oliveira@saude.ce.gov.br/ 85 3101.5220)