Monitoramento dos Recursos Hídricos do Estado é iniciado pela Semace

4 de Maio de 2010

Se estenderá por todo o mês de maio a quarta coleta de amostras das águas superficiais dos principais rios do Ceará e seus afluentes. A ação, desenvolvida pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), por meio do Núcleo de Análise e Monitoramento (Nuam), faz parte do Programa de Monitoramento dos Recursos Hídricos do Estado. O objetivo é conhecer a problemática relacionada às condições ambientais das águas superficiais dos mais relevantes corpos hídricos (açudes, rios, lagoas etc.), através das análises de parâmetros físico-químicos, biológicos e de metais pesados. Este monitoramento consiste no acompanhamento sistemático das condições de qualidade ambiental, visando fornecer os elementos essenciais ao processo de planejamento e gestão. Todas as 11 bacias hidrográficas do Estado estão sendo contempladas, totalizando 102 pontos de amostragem, os quais foram escolhidos com base na representatividade e em laudos disponíveis no Nuam.

As coletas são realizadas tanto no período chuvoso e quanto no de estiagem, tendo por objetivo caracterizar aspectos físico-químicos e biológicos dos rios e seu comportamento de acordo com as alterações climáticas sazonais. O monitoramento está sendo realizado nos meses de fevereiro e maio (chuvoso) e agosto e novembro (estiagem) de cada ano.

Após a avaliação dos resultados das análises, os pontos monitorados serão correlacionados com as fontes poluidoras previamente identificadas e georreferenciadas ao longo de seus percursos. Quando identificadas as agressões ambientais sofridas pelos corpos hídricos, os responsáveis serão autuados e deverão comparecer à Semace para firmar Termo de Audiência, visando acordar soluções para os problemas constatados.

O programa teve início em agosto de 2009. Além de classificar os recursos hídricos, fará o acompanhamento de qualidade da água ao longo do tempo em áreas urbanas, com indicativos de poluição por efluentes domésticos e industriais, fomentando e subsidiando o Estado para a criação de novas políticas públicas em prol da melhoria da qualidade de vida e da preservação do meio ambiente.

 

04.05.10

Assessoria de Imprensa da Semace

Luanna Patrícia / Fhilipe Augusto (luanna.patricia@semace.ce.gov.br / 85 3101.5554)