Governador assina ordem de serviço do CEO de Cascavel

6 de Maio de 2010

Dentro de  150 dias a população de Cascavel e dos municípios de Chorozinho, Horizonte, Ocara, Pacajus e Pindoretama, contarão com assistência especializada em saúde bucal do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). Na noite desta quarta-feira ( 05) o governador Cid Gomes assinou no município a ordem de serviço para início das obras. Quando pronta, a unidade atenderá cerca de 300 mil pessoas dessas localidades. O CEO faz parte do Programa de Expansão e Melhoria da Assistência à Saúde do Estado do Ceará, que inclui a construção de mais 15 CEOs, 21 Policlínicas e dois Hospitais Regionais – localizados no Cariri e no Norte do Estado. Para o Governador, esse Programa garantirá não só a população atendimento na área da saúde bucal e consultas e exames especializados, como permitirá que toda a população cearense tenha acesso a esses serviços. “A lógica é que o Estado possa agora ofertar serviços de saúde mais perto de onde a pessoa mora, não sendo necessário que ela se desloque aos grandes centros urbanos para serem atendidas”, destacou. Nesta quinta-feira (6), Cid Gomes assinará a ordem de serviço para a construção da Policlínica Regional de Caucaia.

 

Para a construção do CEO de Cascavel, o Governo do Estado investirá R$ 1.106.430,00, sendo R$ 416.460,00 com recursos provenientes do Tesouro do Estado e R$ 691.076,00 através de financiamento junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Na unidade serão oferecidos serviços de ortodontia, periodontia, endodontia, cirurgias, próteses e diagnóstico do câncer de boca.

 

Em seu discurso o secretário da Saúde, Arruda Bastos, lembrou que através desse Programa as unidades de saúde localizadas em Fortaleza, como hospitais e os CEOs, passaram a atender de forma mais adequada a população da Capital. “As pessoas que moram em Cascavel o mesmo nos municípios que serão beneficiados com esse CEO não terão que se deslocar mais até as unidades de Fortaleza para serem atendidas, e isso evitará a lotação que acontece hoje, beneficiando também os moradores da Capital”, exemplificou.

 

Dos 16 Centros regionais que serão entregues pelo Governo do Estado, cinco já foram concluídos. Todos os CEOS serão gerenciados através do modelo de gestão participativa, consorciada entre os municípios beneficiados com os equipamentos e os profissionais serão contratados conforme a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). “Isso garantirá que esses profissionais atendam de forma adequada quem procurar a unidade”, concluiu Cid Gomes.

 

06.04.10

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3101.6247)