Geração de emprego no Ceará chega a 10,14% nos últimos 12 meses

17 de Maio de 2010

Nos últimos 12 meses foram criados 84.635 novos postos de trabalho no Ceará, com um aumento de 10,14%. No último mês de abril, o crescimento na geração de empregos chegou a 0,82%, alcançando 7.571 novas vagas. O resultado do mês de abril foi o melhor de toda a série histórica do Caged em termos absolutos e relativos. Tal desempenho foi proveniente da expansão do emprego principalmente nos setores de serviços (+ 3.653), da indústria de transformação (+1.504) e da construção civil (+1.363). Os dados do Cadastro Geral de Empregado e Desempregados (Caged) foram divulgados nesta segunda-feira (17) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

 

Nos quatro primeiros meses deste ano, houve acréscimo de 17.467 postos (+1,90%). Este resultado foi o melhor de toda a série do Caged em termos absolutos e relativos e o segundo maior saldo do Nordeste. Ainda segundo o Caged, a Região Metropolitana de Fortaleza registrou geração de 6.973 empregos formais (+0,99%). Mais uma vez, este foi o melhor desempenho de toda série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

 

“A geração de empregos é resultado de uma série de investimentos que o Estado tem feito para atração de novas empresas e indústrias para o Ceará. Além disso, o Estado está desenvolvendo suas vocações naturais, como a prestação de serviços, sobretudo na área do comércio e turismo. A construção civil vive também um grande momento no nosso Estado, inclusive pelo grande volume de obras públicas em execução. Ainda temos muito a avanças, mas os dados demonstram que estamos no caminho certo”, avalia o governador Cid Gomes.  

 

 

17.05.2010

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br – 85 3101.6247)