Cidade do Atacado: lançada a Pedra Fundametal

27 de Maio de 2010

O governador Cid Gomes lançou nesta quinta-feira (27) a Pedra Fundamental da construção  da Cidade do Atacado, no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. A Cidade do Atacado  deverá ser o maior polo atacadista da América Latina, com uma área de 1,6 milhão de metros quadrados, investimentos de R$ 230 milhões, e que proporcionará uma geração de  3.280 empregos diretos e de 11.400 indiretos. O empreendimento começa a se concretizar 16 anos após sua idealização. A solenidade contou com as presenças do presidente da Varicred do Nordeste, incorporadora do empreendimento, Michel Amin Jereissati; do presidente da Associação Cearense de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (Acad), Adailton Pinto. E do prefeito de Caucaia Washington Góes.

De acordo com o governador Cid Gomes a Cidade do Atacado é um projeto em que todo o Estado será beneficiado. “O setor atacadista é um dos principais vetores da geração de emprego e renda do Estado e no Ceará é o terceiro em arrecadação de ICMS”, disse. Cid ainda explicou que esse empreendimento poderá ir muito além das fronteiras do Estado. “Com a proximidade do Porto do Pecém, poderemos investir em importações e exportações para o Brasil, criando um novo marco no ramo de atuação do setor atacadista do Ceará. A Cidade do Atacado será um novo marco de atuação no setor de atacado e produtivo do Ceará”, disse.  A previsão é que o primeiro galpão seja inaugurado em janeiro do próximo ano.  Para o chefe do Executivo, outro destaque para o empreendimento, é a localização onde o equipamento será erguido. “Aqui é o acesso para diversos destinos, como toda Região Norte, Sertão Central e Inhamuns. Além disso, na avaliação do Governador, o acesso ao Porto do Pecém deverá colocar a Cidade do atacado como um entreposto comercial de exportação.

Na ocasião, o prefeito do município, Washington Góes, agradeceu o empenho do Governo Estadual na captação do investimento e colocou o município a disposição do Estado para demais ações que o Governador entender importantes. “Caucaia estará de portas abertas. Nossa maior deficiência é no setor de emprego e renda, e agora estamos começando a mudar esse rumo”, disse. Já o presidente da Associação Cearense de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (Acad), Adailton Pinto, a Cidade do Atacado vai criar uma sinergia comercial com o pequeno varejista. Segundo o presidente, são 30 mil postos de vendas da cadeia de alimentos no Estado e esse tipo de empreendimento não existe no Brasil. O representante da incorporadora, Michel Jereissati, anunciou que já fez a contratação tanto de serviços quanto de trabalhadores cearenses e que a empresa atuará no Estado com responsabilidade de compromisso de gerar emprego e renda para o Ceará.

27.05.2010
Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 3101.6247)