Hospital de Messejana alerta população no Dia Mundial sem Fumo

28 de Maio de 2010

Na próxima segunda-feira, dia 31 de maio, às 10 horas, a equipe do Programa de Controle ao Tabagismo do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, realizará evento para lembrar o Dia Mundial Sem Fumo. A equipe de profissionais do Programa e os pacientes atendidos participarão de uma descontraída festa de São João, com Forró Pé de Serra, quadrilha da ‘ex-fumaça’, tiro ao fumo, pescaria da qualidade de vida, linchamento e testamento do fumo, estilo queimação do Judas. Dentro da programação haverá ainda a entrega de certificados para os pacientes que superaram os limites da dependência e pararam de fumar há um ano.

 

Segundo a pneumologista Penha Uchoa, coordenadora do Programa de Controle do Tabagismo do HM, esse ano, a Organização Mundial da Saúde, escolheu para as atividades comemorativas o tema “Gênero e tabaco com uma ênfase no marketing para mulheres”. Elas são 20% dos cerca de 1 bilhão de fumantes no mundo e, como o número de fumantes do sexo masculino atingiu seu pico, tornaram-se o alvo da indústria tabagista – que necessita recrutar novos usuários para repor aqueles que morrem prematuramente em decorrência do próprio cigarro. Pré-adolescentes e adolescentes são os alvos principais – pesquisas mostram que meninas já fumam quase tanto quanto meninos.

 

Programa de Controle ao Tabagismo do HM

 

O Programa de Controle ao Tabagismo do Hospital de Messejana já ajudou muitos homens e mulheres a parar de fumar. Desde que foi criado, em outubro de 2002, 1.500 pacientes foram atendidos. Os resultados apresentados revelam como os participantes alcançam sucesso no tratamento e conseguem abandonar o vício. A taxa de abstinência anual é de cerca de 47%. “Geralmente, os pacientes iniciam o processo de parar de fumar em torno da quarta semana do tratamento e passam a tomar medicamentos com orientação médica para aliviar os sintomas de abstinência”, explica a coordenadora do Programa, pneumologista Penha Uchoa.

 

Em 2009, 292 pessoas foram atendidas pelas 3 equipes multidisciplinares do Programa, compostas por médicos, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e assistente social. Uma vez inscrito no Programa de Controle ao Tabagismo, o paciente passa por uma triagem médica, onde são colhidas informações pessoais relativas ao estado psicológico e quanto à motivação para deixar o cigarro. Exames importantes são realizados para revelar como está a saúde do paciente e seu grau de dependência nicotínica. Após a avaliação inicial, o paciente passa a fazer parte do grupo de apoio, no qual é realizado o tratamento padrão, baseado na abordagem cognitivo-comportamental, uso de antidepressivos e terapia de reposição nicotínica.

 

Serviço:

Programa de Controle ao Tabagismo do Hospital de Messejana

Mais informações: 3101-4062

 

Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes

O Hospital de Messejana é uma unidade terciária especializada no diagnóstico e tratamento de doenças cardíacas e pulmonares, dispondo de todos os procedimentos de alta complexidade nestas áreas e destacando-se no transplante cardíaco de adultos e crianças.  A instituição é gerenciada pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (SESA) e atende pacientes dos 184 municípios do Ceará e das regiões Norte e Nordeste do país.

 

28.05.2010

Assessoria de Imprensa do Hospital de Messejana

Stella Magalhães – (85) 3101-4092)