Sai relação final dos aprovados para 5 policlínicas

13 de setembro de 2010

A Secretaria da Saúde do Estado, através da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), divulgou nesta sexta -feira (10), o resultado final do Processo Seletivo Simplificado para contratação de profissionais que atuarão nas Policlínicas de Camocim, Campos Sales, Baturité, Russas e Tauá. A listagem está por ordem decrescente de classificação por cargo, após análise de recursos, os candidatos foram classificados por ordem decrescente das notas finais. O processo constou de duas etapas: uma prova escrita objetiva e a prova de títulos.
Promovido pelos Consórcios Públicos de Saúde das Microrregiões de Camocim, Tauá, Crato, Baturité e Russas e coordenado pela Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), o processo seletivo teve como objetivo o preenchimento do quadro de profissionais de saúde que irão trabalbar nas novas unidades de saúde de Camocim, Campos Sales, Baturité, Russas e Tauá.
Foram selecionados médicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, técnicos em enfermagem, radiologia, em imobilizações ortopédicas, farmácia e laboratório. Os aprovados ocuparão as 258 vagas para profissionais de saúde, de nível médio e superior, com salários que variam entrem R$ 580,00 e R$ 3.500,00.
O governo do Estado, através da Secretaria da Saúde do Estado, está construindo 21 policlínicas regionais. Sete delas já estão em fase de acabamento para  serem inauguradas e entregues à população em Baturité, Camocim, Campos Sales, Russas, Pacajus, Acaraú eTauá. As novas unidades fazem parte do Programa de Expansão e Melhoria da Assistência à Saúde do Estado do Ceará. O Programa inclui, além das policlínicas regionais, a construção do hospital Regional do Cariri, já em fase final de conclusão, e o Hospital Regional Norte, e 16 Centros de Especialidades Odontológicas. No total, nas 39 novas unidades, um investimento de R$ 571,4 milhões em recursos do Tesouro do Estado e de financiamento com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
Cinco Centros de Especialidades Odontológicas já foram inaugurados em Acaraú, Baturité, Juazeiro do Norte, Russas e Ubajara. Há 11 CEO em construção. Nas novas policlínicas, a população do Interior terá acesso a exames e serviços que atualmente, na rede pública, são realizados somente na Capital. É o caso da tomografia computadorizada, serviço oferecido nas policlínicas tipo II, que tem 13 especialidades médicas. A previsão é de que em cada policlínica do tipo sejam realizadas 3.696 consultas mensais. Os ambulatórios especializados das policlínicas tipo 1 incluem oftalmologia, otorrino, clínica geral, cardiologia, ginecologia, mastologia, cirurgia geral, gastroenterologia, urologia, traumato-ortopedia. Haverá apoio técnico de enfermagem, farmácia clínica, terapia ocupacional, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia e assistência social. Os serviços de apoio diagnóstico e terapêutico serão radiologia convencional, mamografia, ultrassonografia, endoscopia digestiva, ecocardiografia, ergometria, eletrocardiograma, audiometria e coleta de patologia clínica.
As policlínicas tipo II estão sendo construídas nas microrregiões de maior densidade populacional e, além de todos os serviços das policlínicas tipo I, ofertarão ainda endocrinologia, angiologia e neurologia e, em destaque, os serviços de tomografia computadorizada, eletroencefalograma e endoscopia respiratória.

13.09.2010
Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira (soliveira@sesa.ce.gov.br)