Cagece já indenizou 93 famílias desde 2009

15 de setembro de 2010

A Cagece já investiu cerca de R$ 1,57 milhão em indenizações e troca de casa por casa a famílias que tiveram que ser relocadas, por intermédio do Projeto Específico de Reassentamento e Compensações (PER), de fevereiro de 2009 a agosto de 2010, em Fortaleza. Foram beneficiados 93 proprietários ou locatários. O PER tem como finalidade prover com novas residências os moradores que precisam ser retirados de áreas onde as obras de esgotamento irão passar, em Fortaleza.

 

Entre os motivos da remoção de famílias estão a implantação de rede ou de coletor tronco e a construção de Estações Elevatórias. Vale notar que, frequentemente, moradias a serem demolidas encontram-se em área de risco. A  previsão é de que, somente em 2010, sejam investidos R$ 1.868.500,00 em indenizações. Em 2010 e 2011, prevê-se o reassentamento de 181 famílias com troca de casa por casa e 42 por indenização em dinheiro.

 

O PER promove a troca de casa por casa quando o valor do imóvel original for igual ou inferior a R$ 16 mil, sendo válida para locatários ou proprietários residentes (quando o proprietário mora na casa a ser indenizada). Quando o imóvel original tiver valor acima de R$ 16 mil ou quando o proprietário não for residente, a Cagece paga o valor correspondente em dinheiro.

 

No sistema de troca de casa por casa, a Cagece trabalha com várias exigências. As novas residências não podem estar em área de risco ambiental, nem ter débitos (como água e luz ou IPTU). As moradias de destino também devem ter condições de infraestrutura igual ou superior às anteriores, possuir sistema de esgoto ou fossa séptica, ter acesso a transporte públcio e equipamentos sociais (escolas, postos de saúde, etc), assim como possuir instalações hidrossanitárias, além de quarto, cozinha, sala e quintal.

 

15.09.2010

 

Assessoria de Imprensa da Cagece:

Márcio Teles (marcio.teles@cagece.com.br – 3101.1826 ou 3101.1828)