Praça João Paulo VI é reformada a pedido da população

23 de setembro de 2010

A Cagece está reformando a Praça Paulo VI, situada na Avenida Borges de Melo, no Montese. A ideia é transformar o local em espaço de sociabilidade, beneficiando a comunidade do entorno. A obra representa um investimento de R$ 75.845,37, com recursos próprios. Serão construídas uma quadra de volei e outra de futebol de salão. Também serão instalados brinquedos para as crianças, como gangorra e escorregador. A obra consta também da pintura do local e de paisagismo.

 

A Praça Paulo VI possui dois reservatórios da Cagece, sendo um semi-enterrado e outro elevado. O primeiro tem capacidade para armazenar 20 mil metros cúbicos e o segundo, para 1.800 metros cúbicos. A iniciativa de reforma da praça surgiu de um acordo com a Prefeitura, que é a responsável pela manutenção do espaço público. Além disso, era um pedido antigo da população que mora no bairro e dos estudantes que frequentam a escola em frente à praça.

 

Existem, em Fortaleza, outros dois espaços semelhantes onde ficam situados reservatórios e que são também locais públicos. Em todos, a Cagece mantém os reservatórios deixando a cargo de outros a manutenção das praças. Um deles é a Praça da Imprensa, situada na Avenida Desembargador Moreira e mantida por uma empresa particular. Embaixo dela, há um reservatório onde cabem 30 mil metros cúbicos de água. Também há um reservatório elevado para 1.500 metros cúbicos. Outra praça é a Clovis Bevilácqua, em frente à Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC). Esta é mantida pela Municipalidade. Abaixo da terra há um reservatório com capacidade para 40 mil metros cúbicos. Próximo ao local, na Rua Antônio Pompeu, existem três reservatórios, sendo que apenas um está ativo, mas nenhum em espaço público.

 

23.09.2010

 

Assessoria de Imprensa da Cagece

Márcio Teles (marcio.teles@cagece.com.br – 3101.1826 / 3101.1828)

Praça João Paulo VI é reformada a pedido da população

A Cagece está reformando a Praça Paulo VI, situada na Avenida Borges de
Melo, no Montese. A ideia é transformar o local em espaço de sociabilidade,
beneficiando a comunidade do entorno. A obra representa um investimento de
R$ 75.845,37, com recursos próprios. Serão construídas uma quadra de volei e
outra de futebol de salão. Também serão instalados brinquedos para as
crianças, como gangorra e escorregador. A obra consta também da pintura do
local e de paisagismo.
A Praça Paulo VI possui dois reservatórios da Cagece, sendo um
semi-enterrado e outro elevado. O primeiro tem capacidade para armazenar 20
mil metros cúbicos e o segundo, para 1.800 metros cúbicos. A iniciativa de
reforma da praça surgiu de um acordo com a Prefeitura, que é a responsável
pela manutenção do espaço público. Além disso, era um pedido antigo da
população que mora no bairro e dos estudantes que frequentam a escola em
frente à praça.
Existem, em Fortaleza, outros dois espaços semelhantes onde ficam situados
reservatórios e que são também locais públicos. Em todos, a Cagece mantém
os reservatórios deixando a cargo de outros a manutenção das praças. Um
deles é a Praça da Imprensa, situada na Avenida Desembargador Moreira e
mantida por uma empresa particular. Embaixo dela, há um reservatório onde
cabem 30 mil metros cúbicos de água. Também há um reservatório elevado para
1.500 metros cúbicos.
Outra praça é a Clovis Bevilácqua, em frente à Faculdade de Direito da
Universidade Federal do Ceará (UFC). Esta é mantida pela Municipalidade.
Abaixo da terra há um reservatório com capacidade para 40 mil metros
cúbicos. Próximo ao local, na Rua Antônio Pompeu, existem três
reservatórios, sendo que apenas um está ativo, mas nenhum em espaço público.

23.09.2010


Assessoria de Imprensa da Cagece:

Márcio Teles (marcio.teles@cagece.com.br - 3101.1826 / 3101.1828)