Em Camocim, Governo entrega terceira policlínica à população

30 de setembro de 2010

Aproximadamente 1.500 pessoas conheceram na tarde de quarta-feira, 29 de setembro, a Policlínica Regional de Camocim. Após a inauguração, a multidão entrou no prédio para conhecer as instalações da nova unidade de saúde, que vai atender a uma população de 152 mil habitantes da 16ª microrregião de saúde, que compreende os municípios de Barroquinha, Camocim, Chaval, Granja e Martinópole. De acordo com o Secretário de Saúde do Estado, Arruda Bastos, a construção das policlínicas e dos dois hospitais regionais no Cariri, em Juazeiro do Norte, e Zona Norte, em Sobral, vai garantir tratamento às pessoas do interior sem que elas tenham que se deslocar até a capital.
A Policlínica Coronel Libório Gomes da Silva é equipada com aparelhos de mamografia, ultrassonografia, endoscopia digestiva, ecocardiografia, ergometria, eletrocardiograma, audiometria. Além desses serviços, a população terá assistência de médicos especialistas em clínica geral, cardiologia, ginecologia, mastologia, cirurgia geral, oftalmologia, gastroenterologia, urologia, traumato-ortopedia, otorrinolaringologia. A Policlínica Regional de Tauá foi construída pelo Governo do Estado, com recursos do Tesouro Estadual, e terá gestão do Consórcio Público da Microrregião de Camocim. O consórcio, estratégia que fortalece a regionalização, foi aprovado pela Câmara Municipal de Camocim, e depois aprovado na Assembleia Legislativa do Ceará. Através do consórcio, o custeio da policlínica é compartilhado entre os municípios e o governo do Estado.
Já são três as policlínicas regionais entregues à população pelo Governo do Estado. No dia 24 de setembro foi inaugurada a Policlínica Dr. Frutuoso Gomes de Freitas, em Tauá, que vai atender a população de 109.810 habitantes dos municípios de Aiuaba, Arneiroz, Parambu e Tauá, integrantes da 14ª microrregião de saúde. Em Baturité, a Policlínica Clóvis Amora Vasconcelos foi inaugurada na terça-feira, 28 de setembro, para atender os 135 mil habitantes dos municípios de Aracoiaba, Aratuba, Baturité, Capistrano, Guaramiranga, Itapiúna, Mulungu e Pacoti, da 4ª microrregião de saúde. Mais 18 policlínicas regionais, sob gestão de consórcios públicos de saúde, estão em construção no Interior, uma experiência pioneira que o Ceará está servindo de modelo para o país. Ainda este ano serão inauguradas as policlínicas regionais de Acaraú, Campos Sales, Russas e Pacajus.
As novas unidades de saúde fazem parte da decisão do Governo do Estado em ampliar e melhorar a assistência e acesso à saúde, construindo além de 21 policlínicas regionais, os dois hospitais regionais nas regiões do Cariri, já em fase de conclusão, e no Norte, em construção em Sobral, e 17 Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) em todas as regionais do Ceará. Além das novas obras no interior, os sete hospitais e unidades estão ampliados e reformados (HGF, Albert Sabin, Hospital de Messejana, Hospital Mental de Messejana, Hospital Waldemar Alcântara, Hospital São José, Hospital César Cals, Lacen, Hemoce, CIDH e IPC).

30.09.2010

Assessoria dde Comunicação da Sesa
Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br – 85 3101-5220)