PIB do Ceará tem a segunda maior alta do Brasil

17 de novembro de 2010

O Produto Interno Bruto (PIB) a preços de mercado do Estado do Ceará apresentou, em 2008, o segundo maior crescimento dentre os Estados brasileiros (mais o Distrito Federal), atingindo 8,5% sobre o PIB de 2007, gerando um valor de R$ 60,099 bilhões, que correspondeu a 2% da economia brasileira (R$ 3,032 trilhões). O PIB – que é a soma de todos os bens e serviços produzidos pelos três setores da economia, incluindo os impostos líquidos de subsídios – per capita foi de R$ 7.112,00. Os cálculos são do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE), em conjunto com o IBGE, e foram divulgados nesta quarta-feira (17.11)

 

Na comparação com os resultados da economia brasileira, a economia do Estado ficou acima da taxa nacional (5,2%) e da taxa nordestina, de 5,5%. Na série, 2004-2008, a economia cearense acumulou uma taxa de 24,5% contra 19,6% da economia brasileira, e de 21,2% da nordestina, significando um crescimento médio anual de 4,5%. O resultado é superior às taxas médias do Brasil, de 3,7%, e da taxa do Nordeste, de 3,9%. Mesmo com este resultado o Ceará permaneceu na 12ª posição no ranking nacional e na terceira colocação dentre os estados nordestinos.

 

Estudo completo no www.ipece.ce.gov.br e http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=1756&id_pagina=1

 

17.11.2010

Assessoria de Imprensa do Ipece

Pádua Martins (padua.martins@ipece.ce.gov.br / 3101.3508)