CEOs mostram resultados e são aprovados pela população

30 de novembro de 2010

Um paciente de Juazeiro do Norte lançou mão de uma forma bem característica da região para demonstrar sua satisfação com o atendimento recebido no Centro de Especialidades Odontológicas Regional (CEO): a poesia de cordel. “Tive espanto, alegria/ver tanta tecnologia/máquinas computadorizadas/todas integradas/para melhor visualizar/e com segurança tratar/a parte traumatizada”, escreveu o poeta popular J. Barbosa em reconhecimento ao serviço prestado no CEO Ticiano van den Brule Matos.

 

Esse reconhecimento é compartilhado por 96,7% dos pacientes atendidos no CEO de Juazeiro do Norte que na última pesquisa de satisfação indicaram a primeira das opções “bom”, “regular” e “ruim”. O conceito foi conquistado graças a uma série de procedimentos que incluem avaliação de desempenho profissional, uso do Procedimento Operacional Padrão, um documento que descreve passo a passo como cada ação deve ser executada no CEO Regional, prontuários eletrônicos, oficinas para construção de protocolos de encaminhamento nos seis municípios da regional de saúde e reuniões mensais de avaliação interna da unidade.

 

O CEO Regional recebe, em média, 112 pacientes diariamente, para o primeiro atendimento e retorno. Por mês, são mais de 2.000 atendimentos ofertados na 21ª microrregião de saúde, que engloba os municípios de Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha, Jardim, Granjeiro e Caririaçu. São 41 profissionais realizando atendimentos diários de ortodontia, periodontia, prótese, endodontia e diagnóstico do câncer de boca desde dezembro de 2009, quando o CEO Ticiano van den Brule Matos foi inaugurado.

 

A situação de satisfação verificada no CEO de Juazeiro do Norte se repete em outras unidades. Em Baturité, pesquisa de satisfação realizada com os 55 pacientes que iniciaram em outubro tratamento no CEO Dr. José Marcelo de Holanda mostra que em 100% das respostas o serviço prestado correspondeu às expectativas. Na mesma pesquisa, o atendimento dos profissionais foi considerado excelente por 75% e bom por 24% dos pacientes – uma aprovação de 99%. As necessidades pessoais foram resolvidas para 95% dos pacientes e 87% deles foram atendidos na data e hora marcadas.

 

Inaugurado em abril deste ano, o CEO de Baturité iniciou, até outubro, 2.292 tratamentos, realizou 4.992 atendimentos, incluindo retornos, e concluiu 1.372 tratamentos de pacientes dos municípios de Aracoiaba, Aratuba, Capistrano, Guaramiranga, Itapiúna, Mulungu e Pacoti. Diariamente, é realizado o acolhimento dos pacientes com atividades educativas que vão além da saúde bucal. Nesse momento são abordados temas como o funcionamento do CEO Regional, prevenção em saúde bucal, alimentação saudável e exercícios físicos no combate à hipertensão e diabetes, auto-exame do câncer de boca e, também, prevenção e controle da dengue.

 

O primeiro CEO Regional inaugurado pelo Governo do Estado funciona em Ubajara desde outubro de 2009. Nesse período o CEO realizou aproximadamente 6.000 consultas, 16.710 procedimentos, atendeu 2.180 pacientes e concluiu 1.520 tratamentos de pacientes dos municípios de Tianguá, Ubajara, São Benedito, Ibiapina, Croatá, Viçosa do Ceará, Guaraciaba do Norte e Carnaubal. Como as outras unidades, o CEO de Ubajara oferece serviços nas especialidades de endodontia (tratamento de canais), periodontia (tratamento das gengivas), ortodontia preventiva, interceptativa e curativa (aparelhos), prótese dentária, cirurgia e atendimento a pacientes com necessidades especiais.

 

O Ceará terá 18 CEOs regionais, incluindo as unidades já inauguradas a partir de 2009 nos municípios de Acaraú, Baturité, Juazeiro do Norte, Russas, Ubajara, Crato e Sobral. Os resultados já alcançados avalizam os consórcios intermunicipais de saúde responsáveis por essas unidades, modelo de gestão adotado pelo Governo do Estado para os 18 CEOs e as 21 policlínicas que serão entregues à população em todas as 21 microrregiões de saúde do Ceará.

 

Os consórcios são constituídos sob a forma de associação pública, entidade autárquica e interfederativa, para a promoção de ações de saúde pública assistenciais e prestação de serviços especializados de média e alta complexidade. O Ceará optou por estimular a formação de consórcios em saúde, tomando por base os municípios localizados numa mesma microrregião de saúde, para facilitar o processo de estruturação de redes de assistência à saúde. O Governo do Estado participa dos consórcios em todas as 21 regionais de saúde e é o responsável pela construção e aquisição de equipamentos para as unidades e por 40% do custeio de cada unidade de saúde.

 

CEO – Referência em atendimento

 

Autor: J. Barbosa

 

Queria ter inspiração
Para nesta ocasião
Falar com muita eloquência
Da dedicação, paciência
De um grupo de pouca idade,
Mas, muita responsabilidade,
Diplomacia e paciência.

 

Em minha visão analógica
O Centro de Especialidades Odontológicas
Veio a um paradigma quebrar.
(Difícil a Saúde Pública prestar
Um serviço humanizado).
O paciente é condicionado.
A aceitar e calar

 

No CEO o paciente
É tratado como gente,
Como ser, como cristão.
Há toda uma orientação,
Antes do procedimento,
Além do encaminhamento
É dada a orientação.

 

Tive espanto, alegria
Ver tanta tecnologia.
Máquinas computadorizadas
Todas integradas
Para melhor visualizar,
E com segurança tratar
A parte traumatizada

 

O que me chamou atenção,
Foi a grande descontração
De toda a equipe existente.
Mesmo sendo concursados,
Não há nenhum entediado.
Bom ao psíquico da gente.

 

O critério, a dedicação
Na primeira avaliação.
Dr. Eduardo priorizou
O ser humano, seu valor.
Só na radiologia,
Foram oito radiografia
Sem sofrimento, sem dor.

 

Dr. Rodrigo, sensacional.
No tratamento de um canal.
Por haver um abscesso,
Para maior sucesso,
Tudo foi radiografado.
É o respeito, o cuidado
Para evitar retrocesso.

 

As moças lá do balcão
Que recebem impacto, tensão,
De todo um contingente
Angustiado, carente
Sofrido e desiludido,
Muitos deles até ferido
No espírito e na mente.

 

O CEO veio para quebrar
O paradigma que aí está.
O serviço público tem eficiência
Se tratado com competência.
Com mentalidade nova,
Velha cultura se renova,
O CEO lá é referência.

 

Credito este referencial
Também ao quadro funcional
Da assistente de direção.
Me faz ter a sensação
Que nosso Brasil tem jeito
Esterno aqui meu respeito,
E minha gratidão.

 

30.11.2010

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)