4.764 exames de DNA já foram realizados pelo Lacen

13 de dezembro de 2010

Até dezembro de 2008, o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) dividia com a Secretaria da Saúde do Estado uma conta mensal de R$ 30 mil para a realização de 55 exames de DNA para comprovação de paternidade pela Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Ceará. Com a inauguração do Laboratório de Biologia Molecular, o Lacen realizou, até novembro deste ano, 4.764 exames de DNA, média mensal de 207 exames em 23 meses.

 

A preço do convênio mantido com a UFC, os 3.499 exames que puderam ser realizados a mais no período custariam R$ 1,9 milhão, enquanto o investimento total do Governo do Estado foi de R$ 1.355.708,00 na aquisição do sequenciador genético, adaptação de área física e aquisição de equipamentos e insumos pelo Lacen. Ou seja, mais famílias puderam realizar exames de DNA a um custo menor para o Estado.

 

Com a economia, os R$ 30 mil mensais do convênio com a UFC agora são investidos no próprio Laboratório de Biologia Molecular, em treinamento de pessoal e insumos. Em futuro próximo, quando se reduzir a forte demanda por exames de comprovação de paternidade, o Lacen passará a oferecer novos serviços, como a análise de agravos pelo DNA, para descobrir de maneira precoce disfunções orgânicas, entre elas hepatite, melioidose e HIV, através da análise molecular, método mais rápido e seguro que os tradicionais.

 

O Lacen realizou no ano passado 2.300 exames de comprovação de paternidade. Este ano, até novembro, foram mais 2.464 exames. Atualmente, cerca de dez coletas são feitas diariamente na unidade do Lacen em Fortaleza. As coletas também são feitas nas unidades de Juazeiro do Norte, Crato, Tauá, Senador Pompeu e Icó. O aparelho sequenciador de DNA do Lacen tem capacidade de realizar até 400 exames por mês. Para realizar o exame, basta a família interessada fazer a solicitação ao Ministério Público, Defensoria Pública, as varas de Família ou os conselhos tutelares. Após a realização da coleta de material, o exame é entregue em até 10 dias.

 

13.12.2010

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br – 85 3101.5220)