Chuvas em dezembro estão 262% acima da média

28 de dezembro de 2010

A pré-estação chuvosa no Ceará (dezembro e janeiro) começou com índices pluviométricos bem acima da média histórica. De acordos com dados preliminares obtidos pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), do dia 1º ao dia 22 de dezembro de 2010 choveu 84,1milímetros em todo o Estado. A média histórica para o período é de 23,2 milímetros, ou seja, as precipitações ficaram 262,1% acima da média.
 

 

Nas oito macrorregiões cearenses as chuvas foram superiores ao índice histórico, com atenção maior para a Região da Ibiapaba, onde choveu 146,5 milímetros enquanto a média é de 24,9 milímetros, significando um desvio positivo de 487,5%.
 

 

Entretanto, os meteorologistas informam que as boas chuvas na pré-estação não indicam que vai chover acima da média na estação chuvosa (fevereiro a maio). As primeiras chuvas, em dezembro e janeiro, são ocasionadas por sistemas meteorológicos secundários que não têm ligação com a Zona de Convergência Intertropical, que é o principal sistema causador de chuva no Ceará e que atua entre fevereiro e maio. O prognóstico oficial para o período chuvoso no Estado será divulgado pela Funceme na segunda quinzena de janeiro.

 

 

28.12.2010

Assessoria de Imprensa da Funceme

Guto Castro Neto (comunicacao@funceme.br / 3101.1102)

A pré-estação chuvosa no Ceará (dezembro e janeiro) começou com índices pluviométricos bem acima da média histórica. De acordos com dados preliminares obtidos pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), do dia 1º ao dia 22 de dezembro de 2010 choveu 84,1milímetros em todo o Estado. A média histórica para o período é de 23,2 milímetros, ou seja, as precipitações ficaram 262,1% acima da média.   Nas oito macrorregiões cearenses as chuvas foram superiores ao índice histórico, com atenção maior para a Região da Ibiapaba, onde choveu 146,5 milímetros enquanto a média é de 24,9 milímetros, significando um desvio positivo de 487,5%.   Entretanto, os meteorologistas informam que as boas chuvas na pré-estação não indicam que vai chover acima da média na estação chuvosa (fevereiro a maio). As primeiras chuvas, em dezembro e janeiro, são ocasionadas por sistemas meteorológicos secundários que não têm ligação com a Zona de Convergência Intertropical, que é o principal sistema causador de chuva no Ceará e que atua entre fevereiro e maio. O prognóstico oficial para o período chuvoso no Estado será divulgado pela Funceme na segunda quinzena de janeiro.