Cid Gomes inaugura Escola de Educação Profissional em Acaraú

1 de Março de 2011

A comunidade do município de Acaraú, localizado na região norte, vai receber nesta quarta-feira, dia 2, às 19 horas, a nova sede da Escola Estadual de Educação Profissional, EEEP Marta Maria Giffoni de Sousa. Construída no padrão estabelecido pelo MEC, a unidade tem capacidade para atender 540 alunos, em tempo integral (das 7 horas às 17 horas). Foram investidos recursos no valor de R$ 9,2 milhões do Tesouro Estadual e do Governo Federal. A solenidade de inauguração contará com as presenças do Governador Cid Gomes e da secretária Izolda Cela.

 

No novo espaço, os jovens terão acesso aos cursos técnicos de Informática, Enfermagem, Hospedagem, Agronegócio, Aquicultura e Guia de Turismo. A unidade funcionou durante dois anos em um prédio patrimonial e agora ganha uma estrutura  mais adequada, de 4,5 mil metros quadrados, composta de 12 salas de aula, auditório para 201 lugares, biblioteca e bloco pedagógico-administrativo. Terá também laboratórios de Línguas, Informática, Química, Física, Biologia e Matemática e laboratórios tecnológicos. Dispõe ainda de cozinha e refeitório, vestiários e sala para o grêmio.

 

A comunidade escolar contará ainda com uma quadra poliesportiva e um teatro de arena com estacionamento para 40 vagas. A construção atende à concepção de qualidade prevista pelo MEC para escolas de educação profissional.  A obra foi supervisionada pelo Departamento de Edificações e Rodovias do Ceará (DER), órgão vinculado à Secretaria da Infraestrutura (Seinfra).

 

Criada em 2008, a rede estadual de educação profissional tem 62 unidades implantadas em todo o Estado, onde estão matriculados 19 mil jovens. O objetivo das EEEPs é a formação profissional técnica integrada à educação básica, tendo em vista a inserção qualificada dos jovens no mundo do trabalho. Nos próximos dias 4 e 10 de março, serão inauguradas, respectivamente, as Escolas de Tianguá e Maracanaú.

 

Diferencial

 

Um grande diferencial das Escolas Estaduais de Educação Profissional concentra-se no seu modelo de gestão que se fundamenta no protagonismo juvenil, na formação continuada, na atitude empresarial, na corresponsabilidade e na replicabilidade.  Diante dessas premissas, o jovem deve ser entendido como protagonista em todas as ações da escola e construtor do seu projeto de vida. Deve haver disposição dos educadores para um processo contínuo de aperfeiçoamento profissional e de compromisso com o seu autodesenvolvimento; foco no alcance dos objetivos e resultados pactuados. Os Educadores, pais, alunos, Estado e outros parceiros também devem estar comprometidos com a qualidade do ensino e da aprendizagem; e capacidade de reprodução do modelo.

 

01.03.2011

Assessoria de Imprensa da Seduc

Jacqueline Cavalcante (jacquelinec@seduc.ce.gov.br / 85 3101.3972)