Ceará tem maior geração de emprego do NE em fevereiro

15 de Março de 2011

Em fevereiro, a criação de empregos formais (com carteira assinada), no Ceará, atingiu 5.793 vagas, o melhor resultado da Região Nordeste, superando os saldos da Bahia (3.127) e Pernambuco (2.069). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgados nesta terça-feira (15).

 

O cálculo do saldo de empregos é obtido pela diferença entre o total de trabalhadores contratados e o total de demitidos, em cada mês. Nesse período, admitiram-se 40.033 e demitiram-se 34.240 pessoas. O desempenho foi proveniente dos resultados dos setores de serviços (3.585) e construção civil (1.812), seguidos da indústria de transformação (469) e comércio (432).

O presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), De Assis Diniz, avalia que “conquistamos um excelente desempenho para o período e estamos muito otimistas para os resultados de 2011.”

 

15.03.2011

 

 

Assessoria de Comunicação do IDT

Ana Clara Braga (85 3101.5500 / anaclara@idt.org.br)