1º Encontro Latino-Americano de Artrite Psoriásica e Psoríase é realizado em Fortaleza

16 de Março de 2011

Com o objetivo de debater sobre os avanços no diagnóstico e tratamento desta doença, será realizado em Fortaleza, de 17 a 19 de março de 2011, o Primeiro Encontro Latino-Americano de Artrite Psoriásica e Psoríase. O evento, realizado pelo Grupo para Pesquisa e Avaliação de Psoríase e Artrite Psoriásica, Grappa, começa nesta quinta-feira (17) no auditório do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) com um treinamento destinado a médicos reumatologistas e dermatologistas. Toda a equipe médica do serviço de Reumatologia do HGF vai participar do treinamento, que vai mostrar como deve ser feita a abordagem do paciente com Artrite Pasoriásica. Médicos de outras unidades de saúde como Hospital Dona Libânia e Hospital Geral César Cals também já confirmaram presença. O treinamento será realizado por médicos especialistas que integram o Grappa uma organização internacional sem fins lucrativos criada em 2003 que promove a cooperação de diversas especialidades médicas com objetivos educacional e científico. O Grupo realiza encontros anuais e, pela primeira vez, vai realizar um encontro destinado aos profissionais da América Latina.

A partir de sexta-feira (18), o Encontro passa a acontecer no Hotel Gran Marquise, na Avenida Beira-Mar, com palestras que vão abordar desde os aspectos fenotípicos/ genéticos, uso de medicamentos biológicos e a experiência do Brasil nos casos de Artrite Psoriásica.

 

A doença

A Artrite Psoriásica é um tipo de artrite inflamatória que afeta em torno de 23% das pessoas que sofrem de psoríase crônica na pele. É também chamada de Artrite Psoriática. O tratamento de artrite psoriásica é semelhante ao de artrites reumáticas. Cerca de 80% dos pacientes com artrite psoriásica apresentam ou vão apresentar lesões psoríticas nas unhas, caracterizadas pelo seu descaroçamento, ou mais extremamente, perda da própria unha.

Artrites psoriásicas podem acontecer em qualquer idade, porém em média tende a aparecer aproximadamente 10 anos depois dos primeiros sinais de psoríase. Para a maioria das pessoas isto está entre as idades de 30 e 50, mas também pode afetar as crianças. Os homens e mulheres são igualmente afetadas por esta condição. Em aproximadamente um em sete casos, os sintomas de artrite podem acontecer antes de qualquer envolvimento de pele.

 

Grappa

O Grappa – Group for Research and Assessment of Psoriasis and Psoriatic Arthritis ou Grupo para Pesquisa e Avaliação de Psoríase e de Artrite Psoriásica – foi criado em 2003 e agrega hoje cerca de 371 pesquisadores de destaque e líderes de opinião dentre reumatologistas, dermatologistas, radiologistas, geneticistas, epidemiologistas, além de representantes de pacientes e da indústria biofarmacêutica. Seus membros são incentivados a fazer parte de projetos e comissões específicas. A primeira reunião oficial do Grappa foi realizada em agosto de 2003 em Nova York nos Estados Unidos. As reuniões ao longo de 2004 focalizaram na identificação, criação e início de projetos, sobretudo relacionados à padronização de critérios para registros e desenvolvimento de recomendações de tratamento para APs.  O Grappa tem atualmente 371 membros, sendo 29 da América Latina: 11 Brasil, 7 Argentina, 7 Colômbia, 2 Venezuela, 1 Chile e 1 Peru.

 

16.03.2011

Assessoria de Imprensa do HGF

Gilda Barroso (gildabarroso@gmail.com / 85 31017086)