Ex-Governadores 4

21 de Março de 2011

? Ignácio Corrêa Vasconcelos (1844 – 1847)

Durante seu segundo governo presidiu a inauguração do Liceu do Ceará(1845) e a conclusão das obras do Farol do Mucuripe.

? Casimiro José de Moraes Sarmento (1847-1848)

Casimiro de Moraes inaugurou a iluminação artificial de Fortaleza, além do primeiro cemitério da capital, o São Casimiro, o local onde se encontram as atuais dependências da RFFSA, tendo sido posteriormente transferido para o arrabalde de Jacarecanga, onde até hoje se encontra, com o nome de Cemitério São João Batista.

? Fausto de Augusto de Aguiar (1848 – 1850)

? Ignácio Francisco Silveira da Motta (1850 – 1851)

Durante seu governo foi lançada uma campanha contra os Feitosas, clã que chefiava o partido liberal da província dos Inhamuns.

? Joaquim Marcos de Almeida Rego (1851 – 1853)

? Joaquim Vilela de Castro Tavares (1853 – 1854)

? Padre Vicente Pires da Mota (1854 – 1855)

? Francisco Xavier Paes Barreto (1855 – 1857)

? João Silveira de Sousa (1857 – 1859)

? Antônio Marcelino Nunes Gonçalves (1859 – 1861)

? Manoel Antônio Duarte de Azevedo (1861 – 1862)

? José Bento da Cunha Figueiredo Júnior (1862 – 1864)

Cunha Figueiredo apresentou á Assembléia Legislativa Provincial um relatório que dá por extinta a população indígena do Ceará (9 de outubro de 1863).

? Lafayette Rodrigues Pereira (1864 – 1865)

Conhecido como conselheiro Lafayette, durante seu governo foram enviados os primeiros cearenses para a Guerra do Paraguai.

? Francisco Ignácio Marcondes Homem de Mello (1865 – 1866)

? Ten. Cel. João de Sousa Melo e Alvim (1866 – 1867)

? Pedro Leão Velloso (1867 – 1868)

? Diogo Velho Cavalcante de Albuquerque (1868 – 1869)

? Pedro Leão Velloso (1867 – 1868)

? Diogo Velho Cavalcante de Albuquerque (1868 – 1869)

? Des. João Antônio de Araújo Freitas Henriques (1869 – 1870)

? José Fernandes da Costa Pereira Júnior (1871)

? Conselheiro José Antônio Calazans Rodrigues (1871- 1872)

? Comendador João Wilkens de Mattos (1872)

? Desembargador Francisco de Assis Oliveira Maciel (1872 – 1873)

? Francisco Teixeira de Sá (1873 – 1874)

Em seu mandato foi instalada a Estrada de Ferro Baturité-Fortaleza (EFB).

? Heráclito de Alencastro Pereira da Graça (1874 – 1876)

? Desembargador Francisco de Farias Lemos (1876 – 1877)

? Des. Caetano Estelita Cavalcante Pessoa (1877)

? Conselheiro João José Ferreira Aguiar (1877 – 1878)

? José Júlio de Albuquerque Barros (1878 – 1880)

? Conselheiro André Augusto de Pádua Fleury (1880 – 1881)

? Pedro Leão Velloso (1881 – 1882)

Pedro Velloso foi Juiz, jornalista e político brasileiro. Foi deputado provincial, deputado geral, presidente da província e senador do Império do Brasil de 1879 a 1889. Presidente da província do Espírito Santo, de 4 de fevereiro de 1859 a 14 de abril de 1860. Presidiu a província do Piauí, de 30 de junho a 4 de dezembro de 1863.

? Sancho de Barros Pimentel (1882)

? Domingos Antônio Raiol (1882 – 1883)

? Sátiro de Oliveira Dias (1883 – 1884)

Durante seu governo promulgou-se a lei que fazia do Ceará “a primeira província a acabar com a escravidão”.

? Carlos Honório Benedito Ottoni (1884 – 1885)

? Conselheiro Sinval Odorico de Moura (1885)

? Miguel Calmon du Pin e Almeida (1885 – 1886)

Miguel Calmon foi um engenheiro e político brasileiro, correligionário de Rui Barbosa. Ministro da Viação e Obras Públicas e, posteriormente, da Agricultura, Indústria e Comércio nas primeiras décadas da chamada “ República Velha”. Retornou ao Governo sob a presidência de Artur Bernardes, como Ministro da Agricultura, Indústria e Comércio, de 16 de novembro de 1922 a 15 de novembro de 1926. Denunciou os crimes do governo Floriano Peixoto contra o proletariado brasileiro durante a Primeira República.

 

 

                                                                                    Anterior | Proxima