Fortaleza é a capital do NE a receber mais turistas

22 de Março de 2011

Fortaleza vem se consolidando como destino mundial mais procurado para viagens turísticas. Entre todas as cidades do País, a capital cearense é o 4º destino mais requisitado pelos turistas brasileiros e o 6º pelos visitantes estrangeiros. Os dados, divulgados nesta segunda-feira, 21 de março, são da pesquisa desenvolvida pelo site hoteis.com, que considera o número de reservas em hotéis. O estudo é realizado em 111 mil propriedades em mais de 18 mil cidades em todo o mundo.

 

Dentre todas as capitais do País, Fortaleza fica atrás apenas de cidades como o Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. Em quinto lugar no ranking aparece a capital baiana, Salvador. Curitiba e Recife apareceram em sexto e sétimo lugar, respectivamente.

 

Entre as cidades do Nordeste

 

Quando analisado apenas o âmbito nordestino, segundo o levantamento, Fortaleza é a cidade mais requisitada pelos viajantes nacionais. Já para os turistas oriundo de outro países, a capital é a segunda colocada entre os destinos do Nordeste, ficando atrás apenas da capital Salvador.

 

Ainda de acordo com os dados da pesquisa, o preço médio da estadia de um dia em Fortaleza registrou uma queda de -1%. Em 2009, as diárias custavam, em média, R$ 198, caindo cerca de um real no ano passado.

 

Os dados apresentados no levantamento desenvolvido pelo Hoteis.com confirmam as pesquisas realizadas pela Secretaria do Turismo do Estado (Setur), que indicam um crescimento anual no número de turistas que visitam a capital cearense durante os períodos de alta estação e em datas comemorativas, quando as taxas de ocupação em hotéis passam dos 90%.

 

Em 2011, somente no período do carnaval, previsões feitas pela Setur indicaram que cerca de 124 mil turistas desembarcaram o Ceará, via Fortaleza. A alta estação no Estado, iniciada em dezembro do ano passado e encerrada no último dia 13 de março, registrou uma ocupação hoteleira de aproximadamente 94,5%. Para a economia estadual, as visitas ocorridas no período causaram um impacto de R$ 198,6 milhões de receita direta, resultando em mais de R$ 347,5 milhões de renda gerada na cadeia produtiva do turismo, em Fortaleza e em todo o Ceará.

 

Para o Secretário do Turismo do Estado, Bismarck Maia, a escolha da capital cerense como um destino para visitação é reflexo de um trabalho constante de promoção do destino Ceará nos mercados prioritários, tanto nacionais, quanto internacionais. “Temos fortes ações de promoção e marketing no Estado. Além de estamos participado de forma agressiva de todos os eventos especializados do calendário do setor de turismo, estimulando a fidelização do destino Ceará como principal roteiro de compra dos viajantes”, ressalta Maia.

 

22.03.2011

Assessoria de Imprensa da Setur

Carmen Inês / Mara Cibely (ascom.setur@setur.ce.gov.br / 85 3101.4661 – 7811.4783 (Nextel) – 8732.204)