Zona de Convergência Intertropical provoca chuvas em 106 municípios

5 de abril de 2011

A Zona de Convergência Intertropical voltou a atuar no Ceará no início do mês de abril. Entre os dias 4 e 5, choveu em 106 municípios do Estado, sendo os maiores volumes de precipitação registrados em Moraújo, na Região Norte, com 65 milímetros, e Umirim, com 62 milímetros. Os meteorologistas da Funceme explicam que desde o fim de março, um sistema secundário, conhecido como “Cavado de Altos Níveis Atmosféricos” estava interferindo na atuação da Zona de Convergência, o que inibiu a formação de nuvens de chuva. Este sistema secundário perdeu intensidade e se distanciou do Ceará, por isso, as chuvas retornaram.

 

A previsão dos meteorologistas é que as chuvas permaneçam na metade norte do Estado. Para esta quarta-feira (6), devemos ter céu parcialmente nublado com chuva no centro-norte do Ceará e nas demais regiões, nebulosidade variável com chuvas isoladas.

 

Balanço parcial

 

O acumulado de precipitações nos dois primeiros meses (fevereiro e março) da quadra chuvosa no Ceará é de 362,9 milímetros. A média histórica para o período é de 384,1 milímetros, ou seja, houve um pequeno desvio negativo de 5,5%. “Dessa forma, podemos considerar que as chuvas estão em torno da média. Vale lembrar que o prognóstico de chuvas da Funceme apontou 45% de probabilidade para chuvas em torno da média nos quatro meses da quadra chuvosa (fevereiro a maio). No prognóstico, chegamos a 40% de chances de chuva acima da média e 15% para a categoria abaixo da média”, ressaltou Eduardo Sávio Martins, presidente da Funceme.

 

05.04.2011

Assessoria de Imprensa da Funceme

Guto Castro (comunicacao@funceme.br / 85 3101.1102)