Primeiro hospital público regional será inaugurado nesta sexta-feira (8)

7 de abril de 2011

O governador Cid Gomes e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, inauguram nesta sexta-feira (8), às 19 horas, o Hospital Regional do Cariri Monsenhor Murilo de Sá Barreto (HRC), em Juazeiro do Norte. Esse será o primeiro hospital público de alta complexidade construído no Interior do Ceará para o atendimento de traumas, como o Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza, ao mesmo tempo em que realiza atendimento clínico e cirúrgico em diferentes especialidades, como o Hospital Geral de Fortaleza (HGF). A sede do novo hospital, na Rua Catulo da Paixão Cearense, s/n, em Juazeiro do Norte, onde fica estrategicamente localizado o HRC, no trevo que liga os municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha para facilitar o acesso dos pacientes.

 

Em toda a história do Ceará, a população nunca recebeu, nas regiões onde mora, assistência de alta complexidade em diferentes especialidades e atendimento de urgência e emergência em um único hospital da rede pública. Agora, o acesso e a qualidade da assistência à saúde melhoram para a população de 44 municípios do Cariri e das regiões de Iguatu e Icó. O HRC tem 996 profissionais da saúde, incluindo funcionários de zeladoria e vigilância, o tal de servidores do hospital chega a 1.287 pessoas.

 

O Hospital Regional do Cariri, com 27 mil e 126 metros quadrados de área, é o primeiro hospital público terciário construído no Interior do Ceará. A assistência no HRC inclui a garantia de exames complexos realizados com equipamentos modernos, atualmente só feitos na capital. Destaca a ressonância magnética, feita hoje na rede pública exclusivamente no HGF. Outros exames que serão assegurados no HRC são a tomografia computadorizada, endoscopia digestiva e respiratória, eletroencefalograma, eletrocardiograma, ecocardiograma, ecocardiografia, angiografia, mamografia, ultrassonografia geral e intervencionista, radiologia geral, além de serviços de laboratório de análises clínicas e patologias clínicas, anatomopatologia, citologia e agência transfusional.

 

Com o funcionamento do novo hospital regional, a população terá acesso a especialistas em traumato-ortopedia, neurologia, cirurgia geral, cirurgia vascular, cirurgia plástica, cirurgia buco-maxilo-facial, proctologia, gastroenterologia, urologia, oftalmologia, clínica médica e mastologia. Os atendimentos serão iniciados a partir do mês de maio a pacientes encaminhados pelos municípios através das centrais de regulação, com consultas e exames agendados. Durante todo este mês de abril serão feitos treinamentos com os 996 profissionais aprovados em seleção pública. Os diretores também passam por seleção pública, com o resultado final dos aprovados sendo divulgado na manhã do próximo dia 8.

 

Iniciado há pouco mais de dois anos, exatamente em fevereiro de 2009, o Hospital Regional do Cariri, construído pelo consórcio das empresas Fujita/Palmas, é um investimento de R$ 104,7 milhões. Desse total, R$ 58,5 milhões do Governo do Estado e R$ 12 milhões do Ministério da Saúde. Somente com a aquisição de equipamentos foram investidos R$ 31 milhões em recursos exclusivos do Governo do Estado. O custeio mensal para o funcionamento está estimado em R$ 6 milhões.

 

A administração do Hospital Regional do Cariri será feita pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar, uma organização social que o Governo do Estado, através da Sesa assinou contrato de gestão, baseado em metas e resultados. O modelo de gestão é o mesmo adotado desde 2002 no Hospital Dr. Waldemar Alcântara, unidade que integra a rede estadual de saúde.

 

Plano de Implantação do HRC

 

Com a inauguração do Hospital Regional do Cariri nesta sexta-feira (8) dá-se início ao treinamento dos profissionais e de higienização. O primeiro grupo, com 200 funcionários, fará treinamento até o dia 13 de maio. No dia 15 de maio será concluído o processo de higienização do hospital. Já nessa data, o HRC terá dois andares disponíveis para internação por demanda regulada, 10 leitos de UTI e três centros cirúrgicos, bem como os serviços de imagem (ultrassonografia, tomografia e raio X) e serviços laboratoriais para os internos. Em sequência, serão treinados segundo e terceiro grupos de profissionais para que no dia 10 de junho o HRC entre em atendimento pleno.

 

 

Mais saúde no Interior

 

O Hospital Regional do Cariri faz parte da nova rede de assistência à saúde que o Governo do Estado está construindo em todo o Interior. Além do HRC, no Cariri essa rede é formada por cinco policlínicas regionais em Barbalha, Campos Sales, Brejo Santo, Icó e Iguatu. Já estão com datas de inauguração marcadas as policlínicas em Campos Sales, próximo dia 3 de junho, e 29 de junho em Icó. Ao todo serão 21. Nas policlínicas os moradores da região terão atendimento e mais facilidades de realizar exames em até 12 especialidades médicas, além de assistência em nutrição, terapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia.

 

Na nova rede de assistência à saúde do Cariri ainda estão incluídos quatro Centros de Especialidades Odontológicas. Dois CEOs regionais já foram entregues à população, um em Juazeiro do Norte e outro no Crato. Estão em construção mais dois CEOs regionais em Icó e em Brejo Santo. No próximo mês de maio, dia 14, já será inaugurado o CEO regional em Brejo Santo, oferecendo à população serviços especializados em saúde bucal, como periodontia, ortodontia e até diagnóstico de câncer de boca. Ao todo serão 16 CEOs.

 

07.04.2011

 

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (selma.oliveira@saude.ce.gov.br /  85 3101.5220)