Recuperação do canal do Rio Granjeiro será executada em 90 dias

9 de abril de 2011

As obras de recuperação do canal do Rio Granjeiro, no município do Crato, Região do Cariri, serão executadas em um prazo de 90 dias, a contar da data de assinatura de contratação da empresa. Neste sábado (9), o governador Cid Gomes e o presidente da Central de Licitações do Estado, Tarso Pinheiro, realizaram uma sessão pública para a contratação da empresa que executará as obras, uma vez que o processo de contratação é uma dispensa de licitação. “O Governo quis dar transparência e publicidade ao processo e por isso estamos realizando esta sessão pública”, justificou, ao explicar que o processo segue todas as normas de um leilão reverso, com exceção dos prazos, que neste caso são em caráter emergencial.

 

De acordo com a avaliação do Departamento de Arquitetura e Engenharia do Estado, as obras de reconstrução estão estimadas em R$ 4 milhões, já empenhados pelo Ministério da Integração Nacional.  Na primeira fase que envolve obras de reconstrução do canal, o projeto prevê investimentos de R$ 2,898 milhões. A segunda fase que contemplará as obras nas vias e acessos, assim como as edificações prejudicadas com as fortes chuvas envolve recursos de R$ 1,4 milhão.

 

Durante o processo licitatório, coordenado pela Defesa Civil do Estado, três empresas apresentaram propostas comerciais. São as empresas Contrutura G&F Ltda, Construtora Borges Carneiro e Coral construtora. Com os preços iniciais de R$ 2.782 mi, R$ 2.883 mi e R$ 2.869 respectivamente, os representantes das empresas foram oferecendo descontos. O maior desconto foi oferecido pela Coral construtora que afixou o preço de R$ 2.520 milhões, representando uma redução de 13% do preço inicial do projeto. A partir da assinatura da ordem de serviço a construtora terá o prazo de 90 dias para concluir a obra.

 

Na ocasião, o Governador anunciou que os recursos para a primeira etapa da obra já foram liberados ao Estado e o restante já está empenhado pelo Ministério. Cid Gomes disse ainda que a empresa vencedora terá de repassar R$ 20 mil para a igreja Nossa Senhora de Fátima que também foi atingida com as fortes chuvas. O Governador também sinalizou que o Estado poderá fazer um projeto básico para as obras de transposição das águas do rio Granjeiro, já estimado pelo DAE em R$ 40 milhões, para ser apresentado ao Governo Federal, como forma de prevenir futuros desgastes.

 

Mais:

 

O município do Crato foi atingido no último mês de janeiro por fortes chuvas, o que causou o transbordo das águas do canal do Rio Granjeiro, que corta o município. Naquele período o município recebeu a visita do então governador em exercício, Domingos Filho que levou o caso ao ministério da Integração Nacional.

 

 

Participaram da sessão pública o secretário das Cidades, Camilo Santana, o deputado federal Arnon Bezerra, o deputado estadual, Ely Aguiar e o reitor da Urca, Plácido Cidade Nuvens.

 

 

09.04.2011 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Ceará

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)