Grupo Roca planeja construir fábrica de louças no Ceará

11 de abril de 2011

Mais um grupo espanhol manifesta interesse em implantar empreendimento no Ceará. A Roca, do ramo de louça sanitária, quer construir uma fábrica no Estado. Para tanto, representantes da Empresa estiveram em Fortaleza, onde visitaram, na última semana, o Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico (Cede) e apresentaram os seus planos de expansão no Nordeste.

 

Na ocasião, a comitiva liderada pelo diretor de tecnologia, Albert Quintana, foi recebido pelo representante do órgão, Ivan Bezerra. Quintana revelou que a Roca possui 65 fábricas de louça sanitária espalhadas pelo mundo. O Grupo chegou ao Brasil em 1999, onde possui seis fábricas na Região Sudeste, que empregam diretamente 3.500 pessoas.

 

Para se instalar no Ceará, a Roca já procura um terreno de 10 hectares nos municípios de Caucaia, Pacatuba, Horizonte ou Maracanaú. Isso porque, de acordo com a Companhia de Gás do Ceará (Cegás), nessas localidades existe rede de distribuição de gás, fator fundamental para o funcionamento da fábrica, que será abastecida com esse combustível. “Devemos escolher o terreno em um desses municípios, nesse espaço haverá uma área construída de 5 hectares”, informou o diretor.

 

A Roca encaminhará um relatório ao Cede dentro dos próximos dias. Se a empresa se enquadrar nos requisitos exigidos para a concessão de benefícios pelo Governo do Estado, tais como valor total do investimento, localização da empresa e a existência de programas de responsabilidade social, a obra terá início em breve e deverá ficar pronta num prazo de 18 meses. A fábrica deverá gerar 500 empregos diretos no Ceará.

 

11.04.2011

Assessoria de Imprensa do CEDE

Jully Gomes (jullyjeanne@hotmail.com / 85 9924.6127)