Turismo

25 de abril de 2011

Por si só, o Ceará é uma grande atração turística para brasileiros e estrangeiros. As praias, a culinária, a hospitalidade do povo e o artesanato são elementos que estão agregados à nossa paisagem e cativa todos os visitantes. Mas o mercado competitivo do turismo exige ações e projetos inovadores que buscam conciliar lazer, negócios e cultura.

É com essa finalidade que o Governo do Estado está construindo o Centro de Feiras e Eventos do Ceará. Com arquitetura arrojada, inspiradas nas dunas e falésias do litoral, o Pavilhão terá capacidade de abrigar seis eventos de grande porte ao mesmo tempo, tornando-se o maior centro multiuso do País, e colocará definitivamente o Ceará no calendário internacional de eventos. Essa obra se somará ao projeto Acquarium. Fortaleza terá o mais moderno aquário da América Latina, que não ficará atrás dos europeus, americanos ou canadenses. O Acquarium será construído bem próximo ao mar e estimulará a revitalização de um dos principais cartões postais de Fortaleza: a Praia de Iracema. Um dos destaques das ações do setor turístico é a restauração do Palácio da Abolição. Sede do Governo do Estado até 1986, nunca passou por qualquer reforma desde a sua inauguração há quase 40 anos. A reforma resgatará o patrimônio cultural e turístico do povo cearense que há vários anos viu uma de suas principais referências arquitetônicas ser destruída pouco a pouco.

Além das obras de resgate e de renovação no setor turístico, o Governo do Estado tem incentivado a instalação de grandes resorts no litoral, o que agregará qualidade ao turismo do Ceará para o incentivo de visitantes do Brasil e do Exterior. Bem mais do que uma fonte de receita para o Estado, o turismo é uma fonte crescente de emprego e renda para a população.