Funcap e Instituto de pesquisa da França celebram acordo de cooperação científica

1 de dezembro de 2011

A Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) e o Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), um dos maiores institutos de pesquisa da França, firmaram acordo de cooperação científica para implementação de projetos conjuntos em áreas de interesse mútuo. A parceria entre as duas instituições deve durar quatro anos.

A iniciativa integra o Edital de Cooperação Nacional e Internacional FAPs/Inria/INS2i-CNRS, lançada  durante o último Fórum Conjunto do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de CT&I (Consecti) e do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) de 2011, que tem como tema “A internacionalização da Ciência e Tecnologia brasileira”. Esse edital objetiva estimular projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação envolvendo equipes de um ou mais Estados brasileiros. As propostas aprovadas serão apoiadas através do financiamento da mobilidade dos pesquisadores para visitas científicas aos parceiros envolvidos.

De acordo com a professora Cláudia Linhares Sales, secretária regional da Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência no Ceará, o edital é um marco para área de tecnologia da informação e comunicação, uma vez que estimula e viabiliza a colaboração científica entre os grupos de pesquisa nacionais e os dois maiores institutos franceses da área, o Instituto Nacional de Pesquisa em Informática e Automática (Inria) e o pesquisadores de TIC do Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS), agrupados no Instituto Nacional das Ciências da Informação e de suas Interações (INS2i). “Esses institutos possuem pesquisadores em praticamente todos os grandes laboratórios e universidades francesas, permitindo às equipes brasileiras amplas possibilidades de cooperação”, afirma.

Através do acordo, Funcap e o CNRS se comprometem a organizar conferências bilaterais e seminários, projetos de pesquisa conjuntos e  intercâmbio de pesquisadores, entre outras formas de cooperação.

Os seminários podem ser organizados, na França ou no Brasil, para permitir aos pesquisadores trocar informações sobre assunto de interesse mútuo. Dois coordenadores, um francês e um brasileiro, serão responsáveis pela organização e pela elaboração de um relatório após a realização de cada encontro. Os temas dos seminários serão definidos pelas duas instituições.

01.12.2011

Assessoria de Imprensa da Funcap

Giselle Soares ( giselle.soares@funcap.ce.gov.br / 85 3275.9629)