Passageiros do Metrofor têm acesso à minibiblioteca e dez ligados à internet

2 de Janeiro de 2012

Quem passa pela estação ferroviária João Felipe, no Centro, tem à disposição 2.263 obras para consulta enquanto aguardam o trem. São livros, revistas de informação, revistas em quadrinhos, CDs e DVDs livres para consulta. Além disso, os passageiros podem utilizar um dos dez computadores ligados à internet, sem nenhum custo. Uma parceria entre a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) e o Serviço Social da Indústria (Sesi) permitiu a implantação de uma minibiblioteca que recebe cerca de 60 pessoas por dia.

O Sesi Indústria do Conhecimento foi instalado na estação João Felipe em junho de 2008 e oferece aos cerca de 10 mil passageiros que passam, todos os dias, pela estação o acesso gratuito aos computadores, livros, jornais e revistas. A minibiblioteca foi instalada em um carro de passageiro, em estrutura metálica, de 18m de comprimento por 2,58m de largura interna. O carro foi totalmente adaptado e recebeu iluminação e refrigeração adequadas para conservar livros e equipamentos.

Para ter acesso aos computadores e aos livros, basta assinar o nome no livro de visitas. Para usar o computador, é preciso respeitar o tempo limite de uma hora. Dessa forma, mais usuários podem acessar a internet. Mesmo quem não está pegando o trem pode entrar na minibiblioteca, que está localizada fora da área de embarque e desembarque de passageiros. Além do acesso diário dos usuários, o Sesi Indústria do Conhecimento também permite a realização de cursos de informática.

Os passageiros podem utilizar a minibiblioteca de segunda à sexta, das 8 horas às 18 horas. Aos sábados, o horário de funcionamento é de 8 horas às 12 horas e das 13 horas às 15 horas.

 

02.01.2012

Assessoria de imprensa do Metrofor

Márcio Teles – 85 3101-7115

marcio.teles@metrofor.ce.gov.br