Dois detentos cearenses são aprovados no Sisu/Enem

19 de Janeiro de 2012

Dois detentos foram selecionados já na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para ocuparem vagas em universidades que leva em consideração o resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os apenados Cynthia Corvello e Édipo Renan Martins Barros garantiram, respectivamente, vaga para o curso de licenciatura em História na Universidade Federal do Ceará (UFC), e Interdisciplinar em Ciências Humanas, pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab). Ao todo dezessete internos de seis unidades do Sistema Prisional do Estado do Ceará foram aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), atingindo pontuação para certificação de conclusão do Ensino Médio e participaram da seleção pelo Sisu.

Os dezessete candidatos alcançaram 400 pontos nas áreas de conhecimento e 500 em redação, necessários ao perfil de disputa para a apresentação do nome em uma universidade pública. Todos os internos cadastraram-se nos cursos ofertados pela Universidade Federal do Ceará, destes, dois obtiveram pontuação para a aprovação.

A Secretaria da Justiça e Cidadania já informou a Defensoria Pública do Ceará, que irá encaminhar a solicitação de liberação da interna do Instituto penal feminino, solicitando a liberação para que a mesma possa freqüentar a faculdade. Caso o Juiz da Vara de Execução Penal competente conceda o benefício, cabe à Sejus a escolta da mesma até a instituição de ensino, durante o período de reclusão em regime fechado. Já Édipo Renan encontra-se em regime aberto e toda documentação também foi providenciada para a matrícula.

Em 2010, apenas um interno do sistema penitenciário cearense obteve aprovação no Enem. O número representa um grande avanço para a educação prisional, chegando a 17 o número de aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Os 17 alunos aprovados no Enem cumprem pena nas unidades localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza, sendo distribuídos nesta quantidade: no Instituto Penal Feminino- IPF (06 aprovadas), no Instituto Penal Paulo Sarasate- IPPS (01 aprovado), na Casa de Privação Provisória de Liberdade- CPPL II (05 aprovados), Instituto Penal Professor Olavo Oliveira – IPPOO II (04 aprovados) e Cadeia Pública de Maracanaú (01 aprovado). Cada interno selecionado já fez escolha e concorre, como todos os demais estudantes participantes.

Outros 34 internos, que passaram em três ou quatro áreas de conhecimento, farão num segundo momento as provas para futura certificação. Dos 104 inscritos, 96 internos do sistema penitenciário cearense fizeram as provas do Enem nos dias 28 e 29 de novembro de 2011. Todos estavam matriculados nos cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA), ofertados pela Secretaria da Justiça e Cidadania em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc) do Estado do Ceará.

 

 

19.01.2012

Assessoria de Comunicação da Sejus

Bianca Felippsen/Felipe Gonçalves ( ascom@sejus.ce.gov.br / 85 3101.2862 – 8878.8464 – 9918.2655)