Governo propõe isenção de IPVA para transporte complementar

24 de Janeiro de 2012

O governador Cid Gomes assinou nesta terça-feira (24) a mensagem que propõe a isenção de pagamento de IPVA para os veículos que prestam serviço de transporte complementar e que reduz o valor na taxa da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce). A proposta será encaminhada à Assembleia Legislativa, onde será votada. As duas ações eram demandas antigas dos representantes do transporte complementar e foram atendidas pelo Governo do Estado. A assinatura da mensagem aconteceu durante a visita dos representantes da  Federação das Cooperativas de Transportes Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (Fecopace) ao Centro de Eventos do Ceará (CEC).

cec_dentro2“Eu estive com os dirigentes das cooperativas, que fazem transporte complementar no Estado há cerca de 45 dias e foi a oportunidade em que eles apresentaram uma série de pleitos e uma oportunidade em que os convidei para fazer essa visita ao Centro de Eventos. De lá pra cá, já formalizamos o atendimento de dois principais pleitos, que é a isenção do IPVA e a redução da taxa que é paga pela fiscalização da Arce. São duas conquistas importantes que vão ajudar a renovar a frota e permitir à população um transporte cada vez mais moderno, confiável e seguro”, destacou Cid Gomes. De acordo com a mensagem a redução dos valores das taxas chegará a 50% na região do Crajubar (Crato, Juazeiro e Barbalha) e 75% nas demais regiões do Interior do Estado.

O Governador fez questão de, pessoalmente, apresentar o CEC aos representantes da Fecopace e ressaltou que o equipamento estará concluído ainda neste primeiro semestre. “O Centro de Eventos será o mais moderno e mais bem equipado centros de feiras do Brasil e isso atrairá pra turistas o ano inteiro e certamente fará com que essa atividade, que já gera muitos empregos no Ceará, se consolide ainda mais. Esse equipamento será um marco na história do Estado”, disse o Governador. Cid destacou ainda que na semana passada uma comitiva da FIFA conheceu o CEC e ficou impressionada com a sua estrutura, o que credencia o Centro para sediar o sorteio das chaves da Copa do mundo de 2014.

cec_dentro3Orçado em R$ 437,4 milhões (R$ 380,8 milhões somente obras físicas, escadas e elevadores), o CEC, cuja obra foi iniciada em agosto de 2009 e que está sendo realizada pelo consórcio composto pelas construtoras Galvão Engenharia S/A e Andrade Mendonça S/A, é o segundo maior da América Latina, com capacidade para abrigar até 30 mil pessoas em um único evento. O Centro possui projeto arquitetônico inspirado em aspectos típicos da paisagem e do artesanato cearense. A fachada terá as cores e as formas das falésias do litoral leste e sua estrutura lembra o bordado das rendeiras. Ao todo, são 176 mil metros quadrados de área construída em terreno de 17 hectares; 21 mil metros quadrados de jardins, e 3,2 mil vagas de estacionamento.

 

 

24.01.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil – 85 3466.4898

comunicacao@casacivil.ce.gov.br