Projeto Encurtando Distâncias aproxima jovens em conflito com a lei e seus familiares

24 de Janeiro de 2012

Investir na capacitação profissional e cidadã de jovens é um dos trabalhos realizados pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). Nesse sentido, o Centro Educacional Patativa do Assaré (Cepa), unidade de medidas socioeducativas coordenada pela STDS, realiza nesta quarta-feira (25), a partir das 8 horas,  o lançamento do projeto “Encurtando Distâncias”, que tem como objetivo fortalecer a renda familiar e ampliar os vínculos afetivos entre os adolescentes e seus familiares, residentes no interior do Estado.

“Essa aproximação ajuda na recuperação dos jovens, pois eles se sentem mais amados, mais atendidos pela família”, defende a psicóloga Marta Regueira, coordenadora do projeto. Além da socialização, explica são realizadas rodas de conversas com todos os familiares orientando sobre a importância desse convívio, sobre a importância dos jovens serem bem recebidos em seus lares, quando deixarem os abrigos”, afirmou Marta.

O projeto promove também a realização de oficinas de artesanato, tecelagem, vassouraria e customização, para mãe e filho, além da realização de uma palestra sobre dependência química. As oficinas visam não só a reinserção social dos internos, mas a preparação de seus familiares para o retorno desses jovens ao lar. Os cursos, segundo a psicóloga Marta Regueira, ajudam a melhorar a auto-estima de quem participa e possibilitam a cada um o aprendizado de um ofício, melhorando assim a situação econômica da família.

 

Informações
Data: 25 de janeiro (quarta-feira)
Horário: 8 às 16 horas
Local: Cepa – Estrada do Ancuri, 2555 – Bairro: Ancuri

 

24.01.2012

Assessoria de Comunicação Social da STDS

Carlos Eugênio Saraiva ( imprensa@stds.ce.gov.br / 85 3101.2089 – 2099)

Twitter: @stdsonline