“Fulanas” apresenta as alegrias e angústias do mundo feminino

8 de Março de 2012

A inquietação da mulher e dos seus desejos, esmiuçando sua diversidade e singularidade. Esse é espetáculo “Fulanas”, que traz à cena três mulheres que conversam e se interrogam acerca da essência de sua feminilidade. Elas contam a história a partir de sua idade cronológica e dos acontecimentos marcantes no seu percurso de tornar-se mulher, tentam descobrir desde quando são mulheres de fato.

A pesquisa das ações parte da busca de uma articulação entre dois níveis de significação: o nível das representações sociais e o das experiências pessoais de cada atriz. É assim que as Fulanas desnudam-se como mulheres, expondo dialeticamente os acontecimentos marcantes de sua feminilidade: a constatação da diferença sexual entre menino e menina, as transformações corporais da puberdade, a menstruação, a masturbação, a experiência sexual, o casamento, a   gravidez e a maternidade, a separação, dentre outros.

O que Fulana parece descobrir e ensinar ao público ao final de sua trajetória é que ser mulher é, acima de tudo, tornar-se, saber (re)fazer-se constantemente, pois Fulana assume como sendo sua a idade do embrião: “A mulher tem a idade do embrião porque agora eu me descubro embrionária, me engravidando de mim mesma. (…) Eu sou a minha própria mãe que está aqui rompendo a placenta e a minha própria filha que do líquido amniótico das entranhas do tempo vai nascer  
agora. Eu sou a mãe e a filha dessa nova mulher”.

 

Apoio:
Esta nova montagem da Tear Cia. de Teatro recebe o apoio do Governo do Estado do Ceará, através da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres (CEPAM) e da Prefeitura Municipal de Fortaleza, através do III Edital das Artes da Secretaria de Cultura de Fortaleza.

 

Programação

Dia 08 de março de 2012 (às 20 horas), no Theatro José de Alencar (150 lugares disponíveis).
info: (85)9621-9700 | 8897-4772 | 3214-5514 | tembiu@gmail.com | tembiu.pro.br entradas: R$6 e R$12

Temporada: dias 09, 10 (às 20 horas) e 11/03 (às 18 horas), no Theatro José de  
Alencar (150 lugares disponíveis) dias 15, 22 e 29/03, no Teatro SESC SENAC Iracema (150 lugares disponíveis) Teatro Cuca Che Guevara – duas apresentações (abril, datas ainda a confirmar)

 

08.03.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)