Porto do Pecém: aumento na movimentação já chega a 43% em 2012

13 de Março de 2012

Os dois primeiros meses de 2012 registraram a movimentação de 557 mil toneladas (t) de cargas através do Porto do Pecém, com elevação de 43% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram movimentadas 390 mil t. As exportações contribuíram com 30% enquanto as importações registraram a movimentação de 49%. A movimentação de longo curso registrou a exportação de 59,7 mil t de minério de ferro, e 49,9 mil t de frutas, enquanto nas importações o maior volume foi dos produtos siderúrgicos, com 149 mil t, seguidos pelos combustíveis minerais, que contabilizaram 73 mil t.

As principais frutas transportadas foram melões (34,8 mil t), melancias (6,6 mil t), mangas (2,7 mil t), castanha de caju (2,6 mil t), bananas (1,6 mil t) e mamões com 402 toneladas. O Estado do Ceará participou com 70% das exportações de frutas pelo Pecém, seguido pelo Rio Grande do Norte com 26% e demais estados com 4%. Os maiores destinos foram a Holanda, com 50%, Grã Bretanha (26%), Espanha (12%) e Estados Unidos com 5%.

Já a movimentação de cabotagem, que é o transporte realizado entre os portos brasileiros, a exportação contribuiu com 4,7 mil t de produtos siderúrgicos; 4,4 mil t de farinha de trigo e 4,3 mil t de sal. Nas importações o maior volume foi de arroz (16 mil t), papel e cartão (5,3 mil t) e artefatos têxteis com três mil toneladas.

Até o mês de fevereiro, o terminal portuário do Pecém recebeu 79 navios, sendo 56 com calado superior a 10 metros e 23 com calado inferior a 10 metros.  O porto cearense manteve a liderança nas exportações de frutas e calçados, de acordo com os dados da Secex – Secretaria do Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

As exportações de frutas registraram a participação do Pecém em 45% entre todos os portos brasileiros, seguidas pelo porto de Parnamirim com 25%. Na exportação de calçados o Pecém manteve a liderança com participação de 44%, secundado pelo porto de Rio Grande com 21%. Nas importações de produtos siderúrgicos a liderança foi do porto de São Francisco do Sul, com participação de 25%, seguido pelo Pecém com 23%.

13.03.2012

Assessoria de Comunicação da Cearáportos

Joseoly Moreira (joseoly@gmail.com / 85 9983.2525)