CGE possui 90,46% de índice de satisfação entre seus clientes

14 de Março de 2012

Para a melhoria contínua de seus serviços e atendimento e em cumprimento aos requisitos do Sistema de Gestão da Qualidade, a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) realizou, em dezembro de 2011 e janeiro de 2012, sua segunda Pesquisa de Satisfação do Cliente. No universo de 64 órgãos e entidades do Estado que foram atendidos no ano de 2011 pelas áreas finalísticas da CGE, a pesquisa foi respondida por 37 deles.

A pesquisa avalia as atividades e relatórios de auditoria, as orientações referentes ao Plano de Ação para Sanar Fragilidades (Pasf), as orientações técnicas e normativas, os sistemas informatizados (E-Contas, SACC, E-PASF, SOU, S2EPA), as análises do Grupo Técnico de Contas (GTC), a facilidade no atendimento (via telefone ou outros meios), o recebimento de resposta a solicitações, reclamações e / ou sugestões, o cumprimento com os prazos acordados, e os eventos (fóruns e encontros) realizados pela CGE. No formulário ainda havia a possibilidade de emissão de opinião para melhoria do órgão.

O cliente poderia avaliar os serviços prestados pela CGE de insuficiente, regular, bom, ótimo e excelente. O índice de satisfação com os serviços da CGE foi de 90,46%, com 27,38% dos clientes avaliando como “bom”, 47,08% como ótimo e 16% como excelente.

Para a Controladora Adjunta e Presidente do Comitê da Qualidade, Silvia Correia, o resultado da pesquisa representa um feedback positivo dos clientes quanto ao redirecionamento estratégico adotado pela CGE desde 2009, quando passou a atuar voltada para a orientação  e apoio aos gestores. “A percepção do nosso cliente é que estamos no caminho certo”, frisou.

Para os itens avaliados com os conceitos insuficiente e regular, a CGE entrará em contato com o cliente para verificar detalhes e pontos de melhoria. Se a reclamação for procedente, será aberto um Formulário de Ação Corretiva (FAC) e serão feitas as correções necessárias. O cliente será informado das ações que estão sendo tomadas pela CGE, como uma forma de procurar o aperfeiçoamento e reduzir os índices de insatisfação.

14.03.2012

Assessoria de Comunicação da CGE

Flávia Salcedo (85 3101.3474 – 8761.4632)

Twitter: @ComunicacaoCGE