Cid Gomes assina memorando para instalação de Centro Operacional da TAM em Aracati

3 de Abril de 2012

Logo que inaugurado o Aeroporto de Aracati, no Litoral Leste, vai abrigar um Centro de Tecnologia, Manutenção e Comercialização de Aeronaves e Prestação de Serviços Aeronáuticos. O memorando para entendimentos para instalação da unidade foi assinado nesta terça-feira (03) pelo governador Cid Gomes e pelo Presidente da TAM Aviação Executiva, Fernando Pinho, no Palácio da Abolição. O ato contou com a presença do secretário do Turismo, Bismarck Maia. Além de destacar a importância do novo Centro, Cid Gomes, aproveitou a ocasião para ressaltar o interesse do Estado em firmar novas parcerias com empresa. “O próximo ponto com a TAM é pensar num hobby para ser instalado no Pecém, que servirá de ponto de reunião para a América Latina”, destacou. Ele também sugeriu a instalação de um voo direto para Miami, nos Estados Unidos. “O Ceará tem demanda para pelo menos dois voos semanais”, explicou.

Sobre o Centro, o Presidente da TAM destacou que esse empreendimento deverá ser maior que o de Jundiaí, instalado no interior paulista, que também funciona para aviação executiva. O Centro em Aracati vai oferece serviços técnicos para aviões executivos de pequeno e médio portes e deverá ficar pronto em oito meses. “Já vamos começar a parte de investimentos, que inclui equipamentos e treinamento de mão de obra. Vamos evoluir paralelo a construção para que quando finalizadas as obras a gente ganhe tempo”, explicou Fernando Pinho.

No memorando assinado nesta terça-feira, fica estabelecido a cessão de espaço (hangar) de 10 mil metros quadrados por 10 anos, renováveis por mais 10, e incentivos equivalentes a 50% do valor de construção da base, orçada em R$ 26 milhões. Deste valor, R$ 13 milhões serão destinados da empresa e outros R$ 13 milhões do Governo do Estado. Segundo o diretor de manutenção da TAM, Roberto Fajardo, o Centro deve “atender além das demandas do Norte e Nordeste”, disse.
A instalação do empreendimento também vai beneficiar diretamente a população local, com a criação de 150 empregos diretos logo no início das operações do Centro. Além de formalizar parcerias com o Governo do Estado para formação de mão de obra especializada no setor aéreo. Segundo o Governador, o Governo disponibilizará todo o material e espaço para formação de mão de obra. “Temos as Escolas Profissionalizantes e a TAM fornece a relação de equipamentos que o Estado compra”, ressaltou.

O presidente da TAM Aviação Executiva, Fernando Pinho, terminou o encontro agradecendo a cordialidade com que o Governo do Estado “sempre atende a empresa”. Ele também destacou o profissionalismo com o turismo é trabalhado no Ceará. “É muito impressionante a forma como o Governo do Estado tem incentivado esse setor”, ressaltou.

A reunião foi acompanhada pelo diretor de manutenção da TAM, Roberto Fajardo; e a diretora Administrativa Financeira, Raquel Campos.

03.04.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)