Simpósio debate Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, no HGF

13 de Abril de 2012

O Núcleo de Pesquisa em Déficit de Atenção do HGF (NPDA) realiza neste sábado (14), das 8h30min às 12h30min, no auditório principal do hospital, o I Simpósio de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). O evento, aberto ao público, é destinado aos educadores, pais, profissionais da área da saúde e estudantes universitários e tem como objetivos integrar e atualizar profissionais da educação sobre novos conhecimentos e técnicas dentro dos diferentes diagnósticos, refletir sobre as dificuldades dos alunos com TDAH em sala de aula, propiciar aos educadores e pais, momentos de reflexão sobre TDAH e proporcionar aos educadores, pais, autoridades e profissionais da saúde a oportunidade de aprimorar e/ou adquirir conhecimentos.

A ideia é ainda divulgar o núcleo de pesquisa como um polo difusor de conhecimentos, comprometido com a educação e tratamentos aos portadores de TDAH, além de informar sobre o ambulatório especializado em TDAH em funcionamento no Hospital Geral de Fortaleza desde setembro de 2010. O simpósio é organizado pela coordenadora do Núcleo de Pesquisa em Déficit de Atenção, a psiquiatra Valéria Barreto e terá como palestrantes a também psiquiatra Verônica Carvalho e a neuropediatra Liana Coelho. Na ocasião, haverá distribuição de material informativo sobre diagnóstico e tratamento do transtorno.

 

TDAH no HGF

Diante da taxa de prevalência e dos comprometimentos provocador pelo TDAH, a importância do diagnóstico e do tratamento para os portadores deste transtorno é indispensável, o que justifica a criação de um serviço especializado para avaliar e tratar esta população. Pensando nisso, o HGF implantou em setembro de 2010 o ambulatório de TDAH do HGF, que funciona sempre às terças-feiras nos turnos manhã e tarde no serviço de Psiquiatria, no 1º andar da Unidade Régis Jucá. O encaminhamento dos pacientes é feito através dos ambulatórios do próprio hospital e ainda através dos serviços psicopedagogia das escolas públicas da capital e interior. São realizados cerca de 10 atendimentos por semana. Hoje, cerca de 60 pacientes estão sendo acompanhados no serviço, que utiliza o mesmo protocolo de atendimento do serviço de TDAH do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, USP.

 

Núcleo de Pesquisa em Transtorno de Déficit de Atenção – NPDA

O Núcleo de Pesquisa em Transtorno de Déficit de Atenção, NPDA, foi criado em novembro de 2004 no Hospital Universitário Walter Cantídio, da Universidade Federal do Ceará, passando a funcionar no Hospital Geral de Fortaleza, HGF, em setembro de 2010, com a coordenação da psiquiatra Valéria Barreto. O Núcleo é um serviço de atendimento especializado em TDAH, referência do Norte e Nordeste.

 

O NPDA tem como objetivos

1.Diagnosticar e tratar portadores de TDAH;

2.Desenvolver projetos de pesquisa para uma melhor compreensão do transtorno;

3.Realizar seminários, fóruns para reciclar os profissionais da área de saúde e educação, visando diagnóstico precoce;

4.Promover cursos de capacitação de profissionais para atender esta população e;

5.Combate o preconceito e a descriminação em relação ao TDAH.

Seção de Estudos e Aperfeiçoamento do HGF, SEAP – (85)3101-3183

 

 

13.04.2012

Assessoria de Imprensa do HGF

Gilda Barroso ( gildabarroso@gmail.com / 85 3101.7086)