Semana Nacional da Caatinga com eventos no Ceará e Petrolina

23 de Abril de 2012

A Semana Nacional da Caatinga será comemorada conjuntamente pelos Governos do Nordeste. A programação será aberta em Petrolina (PE), nesta terça-feira (24) e se desenvolve também no dia 25. Na quinta-feira (26), as atividades ocorrerão em Quixadá e na sexta-feira (27), em Fortaleza, quando será entregue a Medalha Ambientalista Joaquim Feitosa a uma entidade que se destacou nos cuidados com o meio ambiente.

O nome vencedor será conhecido na próxima semana. Cada membro do Comitê Gestor pode indicar até três candidatos para a seleção. Este ano, em especial, será concedida uma Comenda a presidente Maria Dolores Andrade Feitosa, da Fundação  Joaquim Feitosa, pelos 20 anos da instituição, uma indicação  unânime dos membros do Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Caatinga. A solenidade ocorrerá às 15 h, na Assembleia Legislativa.

A Coordenadora do projeto Mata Branca, Tereza Farias, explica que essa atividade conjunta além de promover um intercâmbio de informações entre os estados e o governo federal sobre processos e metodologia para criação de Unidades de Conservação-UCs se busca parceria para aumentar a área protegida do bioma. O evento é organizado pela Secretaria de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente – MMA, Fundação Joaquim Nabuco – MEC e Governos dos Estados da Bahia e Ceará, por meio do Projeto GEF Mata Branca.

Já, em Quixadá, a programação ocorrerá à tarde, constando de discussões sobre a situação das unidades de conservação, com os gestores e secretários municipais de meio ambiente além de divulgar o Monumento Natural dos Monólitos.

Serviço

Data: 24 e 25 de Abril, como parte das comemorações da Semana da Caatinga de 2012.

Local: Petrolina-PE – Sala do Núcleo Temático 01, Universidade do Vale do São Francisco – UNIVASF – Campus Universitário, Av. José de Sá Maniçoba, s/n, CEP: 56.304-205, Centro, Petrolina-PE.

Programação:

DIA 24/04/12 – MANHÃ
08:30 – 09:00 – Abertura do Evento – Representantes do MMA, Alexandrina Sobreira de Moura – FUNDAJ/Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Caatinga, Representantes do Governo do estado da Bahia e Governo do estado do Ceará
09:00 – 10:15 – Apresentação dos objetivos e metodologia do evento
10:15 – 10:30 – Intervalo
10:30 – 11:00 – O Sistema Nacional de Unidades de Conservação: avanços e perspectivas – Representante do Departamento de Áreas Protegidas
11:00 – 11:30 – Políticas do MMA para a Conservação e Uso Sustentável da Caatinga – Francisco Campello (Diretor de Combate à Desertificação do MMA) e João Arthur Soccal Seyffarth (Analista Ambiental do Departamento de Conservação da Biodiversidade do MMA)
11:30 – 12:00 – Oportunidades de Criação de Unidades de Conservação nos estados do Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe – Rodrigo Castro – Associação Caatinga

DIA 24/04/12 – TARDE – Palestras dos Estados
14:00 – 15:00 – As unidades de Conservação, as áreas prioritárias e os processos de criação promovidos pelo estado do Ceará
15:00 – 16:00 – As unidades de Conservação, as áreas prioritárias, e os processos de criação promovidos pelo estado da Bahia
16:00 – 17:00 – As unidades de Conservação, as áreas prioritárias e os processos de criação promovidos pelo estado de Pernambuco
17:00 – 18:00 – As unidades de Conservação, as áreas prioritárias e os processos de criação promovidos pelo estado do Rio Grande do Norte
DIA 25/04/12 – MANHÃ – Palestrar dos Estados
08:00 – 09:00 – As unidades de Conservação, as áreas prioritárias e os processos de criação promovidos pelo estado de Sergipe
09:00 – 10:00 – As unidades de Conservação, as áreas prioritárias e os processos de criação promovidos pelo estado de Alagoas
10:00 – 10:30 – Intervalo
10:30 – 11:30 – As unidades de Conservação, as áreas prioritárias e os processos de criação promovidos pelo estado de Minas Gerais
11:30 – 12:30 – As unidades de Conservação, as áreas prioritárias e os processos de criação promovidos pelo estado da Paraíba

DIA 25/04/12 – TARDE
14:00 – 14:30 – Palestra sobre as unidades de Conservação e os processos de criação promovidos pelo estado do Maranhão
14:30 – 15:30 – Os mecanismos de financiamento e as estratégias (como compensação de reserva legal) para a criação de unidades de conservação na caatinga – Discussão em plenária
15:30 – 18:00 – As possibilidades de parceria entre MMA, Estados e demais instituições presentes para a criação de UCs na caatinga – Discussão em grupo para identificação de áreas, recursos, estratégias e parceiros.
18:00–18:30 – Apresentação dos trabalhos de grupo e encerramento

23.04.2012

Assessoria de Comunicação do Conpam

Elizabeth Rebouças (85 3101.1235)