Pesquisa revela nível do conhecimento da população sobre saneamento

1 de agosto de 2012

O que é saneamento básico? As respostas a essa pergunta, em pesquisa do Instituto Trata Brasil deste ano, surpreenderam pela coerência. Com direito a respostas múltiplas, 56% dos sondados citaram “serviços de esgoto”, 27% “serviços de água”, 21% “coleta de Lixo”, 18% “limpeza pública”, 17% “limpeza de bueiros” e 11% “despoluição de rios”.

Com isso, 81% dos entrevistados relacionaram o saneamento com algum dos quatro serviços da área, e apontaram que a grande maioria dos entrevistados sabem quais os itens que compõem o saneamento (distribuição de água, coleta de esgoto, coleta de lixo e drenagem de águas pluviais).

Mas como utilizar esses serviços? Essa pergunta ainda aponta o desconhecimento do público, que faz confusão na hora de usar de forma adequada estes serviços.

A Cagece, por exemplo, enfrenta problemas com a má utilização do sistema de esgoto, tanto pela colocação de lixo dentro dos tubos, como pelo despejo inadequado de água de chuva dentro da rede de esgoto. Essa atitude acaba gerando transbordamentos e entupimentos no sistema de esgotamento sanitário, e causando prejuízos para a empresa e população.

 

Educação

Ações educativas são uma ferramenta importante para combater este desconhecimento, na medida em que ensinam, no caso de rede de esgoto e drenagem, a como diferenciá-las. De fato, o leigo não sabe, mas o sistema de esgoto no Brasil é o chamado de separador absoluto. As tubulações de esgoto devem receber apenas as águas servidas e os dejetos advindos dos banheiros. Este esgoto é tratado em estações antes de chegar ao corpo receptor. Já o sistema de drenagem recolhe as águas de chuva dos quintais e das ruas e deságua nos mananciais sem precisar de tratamento.

Confundir esgoto e drenagem prejudica o meio ambiente, além de diminuir a qualidade de vida. Quando a água de chuva é direcionada à rede de esgoto, esta última transborda pelos poços de visita, junto com o efluente. Quando o lixo é colocado dentro do sistema de esgoto, ocorrem obstruções que ocasionam transbordamentos. Quando o esgoto dos banheiros vai para a rede de drenagem, acaba sem tratamento nos mananciais.

Portanto além de fiscalizar o trabalho da Cagece, também é papel da população fazer a sua parte. Cada imóvel tem que ser interligado devidamente e os dejetos humanos devem ser encaminhados para a rede de esgoto e a chuva para o sistema de drenagem.

 

01.08.2012

Assessoria de Imprensa da Cagece

Sabrina Lemos ( sabrina.lemos@cagece.com.br / 85 3101.1826 – 8878.8932)