Segunda edição do Divinas Palavras traz palestra sobre o budismo

10 de agosto de 2012

“Temos que ser a transformação que queremos no mundo”. A frase de Mahtma Gandhi é a inspiração para o próximo domingo (12), quando desponta no Ceará um dos maiores nomes do budismo nacional. A Monja Coen Sensei é missionária oficial da tradição Soto Shu – Zen Budismo com sede no Japão. Em programação que inicia às 18 horas, no palco principal do Theatro José de Alencar, ela conversa com a plateia sobre “Como cultivar atitudes pacíficas no cotidiano”.

Monja Coen dá como referência sua própria trajetória sinuosa até encontrar a paz interior. Ela conseguiu, em si própria, corrigir hábitos e promover profundas transformações abandonando a fase “sexo, droga e rock n’roll”, onde chegou até ser presa por tráfico na Suécia, para galgar o  posto de primeira mulher a ocupar a presidência da Federação das Seitas Budistas no Brasil.  A vida monástica, incluindo os oito anos que passou num mosteiro feminino do Japão, até o retorno ao Brasil, onde obteve lugar de destaque como mulher engajada na construção de uma cultura de paz, são pontos altos da trajetória dela, que ordenada monja em 1983, mesmo ano em que foi para o Japão aonde permaneceu por 12 anos.

Monja Coen está em Fortaleza para programação alusiva aos 10 anos do Espaço Clara Luz. É a Fundadora da Comunidade Zen Budista, criada em 2001, com sede em Pacaembu. Ela, que nasceu Cláudia Dias Baptista de Souza, é filha de família paulista tradicional (Dias Baptista), grandes proprietários de terra, e, antes de ser religiosa foi repórter em diversos jornais do Brasil. Dedicou-se a estudar no Zen Center of Los Angeles em 1983, logo depois partindo para ao Japão e convertendo-se à tradição budista deles no Convento Zen Budista de Nagoia, Aichi Senmon Nisodo e Tokubetsu Nisodo.

Retornou ao Brasil em 1995 e liderou as atividades no Templo Busshinji, bairro da Liberdade, em São Paulo, e sede da tradição Soto Shu para a América do Sul durante seis anos. Foi, em 1997, a primeira mulher e primeira pessoa de origem não japonesa a assumir a Presidência da Federação das Seitas Budistas do Brasil, por um ano.

O projeto Divinas Palavras é uma realização do Marcos Salão e Beleza e Theatro José de Alencar. Teve sua primeira edição no dia 27 de maio de 2012, quando recebeu a Mãe Beata de Yemanjá, que falou sobre a candomblé. O projeto visa apresentar valores, crenças e saberes religiosos no centenário palco da cultura cearense, em programação aberta ao público.

Projeto Divinas Palavras recebe palestra com a Monja Coen
Data: 12/08/2012
Local: Palco Principal Theatro José de Alencar
Horário: 18 horas
Informações: (85) 9953.6493 / 3101.2567

 

10.08.2012

Assessoria de Imprensa da Secult

Sonara Capaverde ( sonaracapaverde@gmail.com / 85 3101.6759)