Cid Gomes apresenta VLT de Sobral ao governador do Piauí

7 de dezembro de 2012

O governador Cid Gomes apresentou nesta sexta-feira (07) ao governador do Piauí, Wilson Martins, as instalações do VLT de Sobral, na Região Norte do Estado. Ao lado do prefeito daquele município, Veveu Arruda, e do presidente da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), Rômulo Fortes, o Governador explicou o funcionamento do equipamento e a sua funcionalidade para a melhoria da mobilidade urbana nas cidades de médio porte.

“Muitos trabalhadores têm quase uma terceira jornada de trabalho, entre sair de casa pro emprego e depois do trabalho pra casa. É importante que a gente tenha transporte coletivo feito de forma rápida, e o VLT é uma grande alternativa para isso, principalmente nas médias cidades. Em Fortaleza nós estamos implantando duas linhas de metrô e tem também um VLT e uma linha de trem urbano, mas nas médias cidades essa é uma alternativa mais viável. A presidenta Dilma Rousseff  tem estimulado isso, tem liberado recursos, incentivado os Estados e municípios que apresentem projetos nessa linha e o governador do Piauí, nosso companheiro Wilson Martins, vai fazer um investimento lá”, explicou Cid Gomes.

Após a visita ao VLT, o governador do Piauí e Cid Gomes visitaram o Hospital Regional Norte – que será inaugurado em janeiro próximo –  e a escola de ensino profissional Lisia Pimentel.

 

VLT de Sobral

A obra tem investimento de R$ 70 milhões. O equipamento vai  transportar 5.000 pessoas por dia em cinco composições. Serão, ao todo, 64 viagens ligando diversos bairros da cidade em 12,1 quilômetros de ferrovias. A execução das obras chegou a 20% em novembro. Os recursos são do Governo do Estado (R$ 50 milhões) e União (R$ 21,6 milhões), por meio da Companhia Brasileira de Transportes Urbanos (CBTU).

O Metrô de Sobral, que está sendo construído pela Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), terá dois ramais e onze estações. O sistema de VLT de Sobral terá dois ramais que irão passar pelas principais concentrações populacionais da cidade. Os dois ramais formam dois “U” invertidos, que se tangenciam numa estação de integração. Um dos ramais já existe e possui 6,4 quilômetros de extensão. Este ramal irá compartilhar a linha de cargas e que, hoje, é administrada pela Transnordestina Logística. O segundo ramal será implantado ligando Grendene à Cohab III, com 5,7 quilômetros, que vai atender o bairro mais populoso de Sobral, Dr. José Euclides, e grandes polos geradores de viagens, como a Grendene e o Centro de Convenções.

O Metrô de Sobral é mais uma iniciativa do Governo do Ceará de requalificar o transporte ferroviário de passageiros no interior do Estado e de estruturar as cidades de médio porte, aliando investimentos públicos à melhoria da qualidade de vida da população destes municípios. O empreendimento terá um investimento total de R$ 70,1 milhões.

O VLT faz parte de um conjunto de cinco composições fabricadas pela empresa Bom Sinal, que tem sede em Barbalha, na Região do Cariri. O Governo do Ceará investiu na compra dos equipamentos cerca de R$ 22,4 milhões. Cada VLT é formado por dois carros, tem movimentação bidirecional e capacidade de transporte de 358 passageiros.

 

O que é um VLT

O VLT é um Veículo Leve sobre Trilho com capacidade para 230 passageiros. As composições medem 29 metros de comprimento e alcançam uma velocidade máxima operacional de 60 km/h. Os VLTs que serão utilizados em Sobral estão sendo fabricados pela empresa Bom Sinal, em Barbalha. Ao todo, serão fabricados cinco veículos automotrizes, com motorização diesel, tração hidráulica, movimentação bidirecional, duas cabines de comando e ar condicionado.

 

07.12.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)