Castelão: “Esse equipamento orgulha todos os brasileiros”

17 de dezembro de 2012

Muita festa, milhares de pessoas, fogos de artifício e um orgulho coletivo marcaram a entrega da primeira Arena do Brasil, que será uma das sedes da Copa das Confederações (2013) e Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014: a Arena Castelão, inaugurada na tarde deste domingo (16) pela presidenta Dilma Rousseff e pelo governador Cid Gomes, em Fortaleza.

A presidenta Dilma Rousseff fez questão de iniciar o seu pronunciamento cumprimentando a todos os trabalhadores que estiveram envolvidos na construção, ampliação e modernização da arena. Dilma mencionou o reconhecimento especial ao secretário Especial da Copa do Mundo 2014, Ferruccio Feitosa, juntamente com o governador Cid Gomes, pela entrega desta “obra maravilhosa”. “É um equipamento que orgulha a todos nós brasileiros, e que nos faz ter certeza de que podemos olhar para o mundo de cabeça erguida, porque iremos mostrar que conseguimos cumprir todos os compromissos assumidos”, disse.

Foto_Dilma_DestaqueDe acordo com Dilma Rousseff, “ser o primeiro a entregar um estádio é algo muito importante. Nós vamos sediar os jogos mais importantes do mundo, e o Ceará parte na frente”, ressalta. “Esse país tem capacidade de entregar todas as obras para a Copa 2014. O mais engraçado é que muitos disseram que não conseguiríamos entregar um estádio com qualidade internacional como este”, concluiu.

Em seu discurso, o governador Cid Gomes agradeceu a presença da Presidenta que, segundo ele, abrilhantou ainda mais a entrega antecipada da Arena Castelão, bem como aos trabalhadores que tornaram isso possível. “Agradeço à presidenta Dilma, que sempre demonstrou um carinho  pelo Nordeste, em especial pelo Ceará e quero deixar o meu agradecimento pessoal aos quase dois mil trabalhadores que estiveram trabalhando incansavelmente, para que a Arena Castelão ficasse pronta quatro meses antes do prazo estipulado”, destacou.

Foto_Dilma_Destaque3Roberto Cláudio, futuro prefeito de Fortaleza e presidente da Assembleia Legislativa, referiu-se ao momento da inauguração do equipamento esportivo como sendo um privilégio. “Esse pioneirismo aconteceu decorrente da seriedade do Governo Estadual no cumprimento de suas ações empreendedoras e do apoio do Governo Federal”, comentou. “A partir de janeiro, diante da prefeitura, não medirei esforços para que Fortaleza possa exibir uma festa, como uma das sedes mais organizadas da Copa do Mundo”, concluiu.

Antes da inauguração, a presidenta Dilma, acompanhada do governador Cid Gomes, visitou o Espaço Cultural da Arena, os camarotes e vestuários, cumprimentou os trabalhadores e foi ao campo fazer um “teste” do gramado. Após os discursos, o público pôde conferir uma queima de fogos digna da grandiosidade do evento. No final da cerimônia foi cantado o parabéns para a presidenta Dilma, com um bolo em formato da Arena Castelão. A presidenta completou 65 anos na última sexta-feira (14). Em seguida todos foram brindados com o show do cantor e compositor cearense, Raimundo Fagner.

Foto_Dilma_Destaque7Presentes na solenidade, os ministros da Saúde, Alexandre Padilha, dos Esportes, Aldo Rebelo, do TCU, Valmir Campelo e dos Portos, Leônidas Cristino, doTurismo, Gastão Vieira; o presidente da Arena Castelão, Sílvio Andrade; os deputados Federais Domingos Neto, Antônio Balhmann, Arnon Bezerra, Edson Silva, José Guimarães; os senadores José Pimentel, Inácio Arruda e Eunício Oliveira; os governadores de Pernambuco, Eduardo Campos, do Distrito Federal, Agnelo Queiroz e Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte, além de secretários de Estado e deputados estaduais.

Sobre o Castelão

Foto_Dilma_Destaque5A Arena possui mais de 150 mil metros quadrados de área total construída e capacidade para cerca de 64 mil espectadores. As obras de reforma, ampliação e modernização da Arena Castelão envolveu recursos da ordem de R$ 518,6 milhões que incluem todas as transformações do estádio e entorno com a construção da praça de acesso de 55 mil metros quadrados; estacionamento coberto para 1.900 veículos; edifício Fares Cândido Lopes, sede de dois órgãos estaduais; e a operação do estádio por oito anos, que irá cobrir todas as despesas com energia, água, telefonia, esgoto e pessoal de manutenção e conservação.

Foto_Dilma_Destaque9 Foto_Dilma_Destaque8

Foto_Dilma_Destaque4 Foto_Dilma_Destaque6

16.12.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)