Ceará registra 4.489 novos empregos em novembro

19 de dezembro de 2012

Em novembro de 2012, o Ceará foi responsável pela geração de 4.489 empregos celetistas, o equivalente à elevação de 0,42% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quarta-feira (19/12), pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O crescimento do número de empregos foi proveniente principalmente da ampliação do comércio (4.459). Outros setores como serviços (565), indústria de transformação (461) e agropecuária (155), também apresentaram saldos positivos, embora em menor quantidade. Em contrapartida, a construção civil registrou uma redução em 933 postos de trabalho.

Para o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), De Assis Diniz, “as informações sobre a geração de postos de trabalho dão sinais de recuperação do nível da atividade econômica, embora ainda muito centrada no setor terciário da economia, que normalmente apresenta maiores resultados com a chegada do final do ano”.

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos primeiros onze meses do ano, houve acréscimo de 45.519 postos (+4,38%) e, nos últimos doze meses, verificou-se crescimento de 3,76% no nível de emprego ou a criação de 39.325 postos de trabalho.

A Região Metropolitana de Fortaleza registrou geração de 3.726 empregos formais (+0,47%) no mês de novembro. No acumulado do ano, a região metropolitana obteve a geração de 30.618 empregos formais (+3,95%).

19.12.2012

Assessoria de Comunicação do IDT:
Ana Clara Braga (anaclara@idt.org.br / 85 3101.5500)