Cagece realiza limpeza preventiva na tubulação de esgoto do Centro

25 de janeiro de 2013

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) vai realizar no próximo domingo (27), limpeza preventiva nas tubulações de esgoto das ruas do Centro de Fortaleza. O objetivo da ação é retirar a maior quantidade possível de resíduos sólidos que se acumularam ao longo do ano e prevenir extravasamentos nos poços de visita da Companhia.

A limpeza já está ocorrendo desde a última sexta-feira (18), porém, apenas no horário noturno para não haver transtorno no trânsito da região. Na ação estão sendo utilizados caminhões a vácuo e a jato para a retirada do material. No domingo, quando o comércio do Centro não será aberto e o tráfego de carros no local é menor, a operação iniciará a partir das 8 horas da manhã, prosseguindo até às 18 horas. Já durante a noite, outra equipe continuará o trabalho até às 7 horas da segunda-feira.

A Cagece irá concentrar a ação nas principais ruas do Centro e naquelas onde estão localizados restaurantes, bares e lanchonetes. Isto porque são nestes pontos que a Companhia encontra uma maior presença de gordura derivada do descarte incorreto do óleo de cozinha na rede de esgoto.

 

Conscientização

Os extravasamentos nos poços de visita (PVs) da Cagece acontecem com maior frequência devido, principalmente, ao mau uso das redes de esgoto. Isso ocorre porque ainda a grande maioria da população desconhece a forma correta de utilizar o sistema de esgotamento sanitário e lança de forma indevida resíduos que não deveriam ter como destino final a estrutura de esgoto.

 

Para evitar transtornos deste tipo, a Cagece faz algumas recomendações:

– Óleo de cozinha não deve ser despejado na rede de esgoto. Devido a sua característica gordurosa, ele gruda nas tubulações de esgoto formando uma crosta pegajosa que vai, ao longo dos dias, obstruindo a passagem dos efluentes. Este material deve ser armazenado e descartado em locais próprios. Atualmente, existem programas em supermercados, padarias e algumas empresas, que recebem o óleo de cozinha para a destinação correta.

– Lugar de lixo é no lixo. Quando resíduos sólidos se acumulam nas tubulações podem causar entupimento e transbordamento do esgoto nas vias públicas. A prática muitas vezes é comum, pessoas jogam papel, resto de comida e outros objetos, direto no vaso sanitário ou abrem o ralo de quintais para despejarem detritos não desejáveis. Porém, o que não sabem é que além do mau cheiro, problemas de saúde pública podem ocorrer e trazer consequências mais sérias para a população quando esta situação acontece.

– Esgotamento sanitário e drenagem urbana são sistemas diferentes, ou seja, cada um é pensado e dimensionado para um determinado tipo de função. De fato, grande parte da população não sabe, mas o sistema de esgoto no Brasil é chamado de separador absoluto. Assim, as tubulações de esgoto devem receber apenas as águas servidas e os dejetos advindos dos banheiros, já o sistema de drenagem recolhe as águas de chuva dos quintais e das ruas e deságua nos mananciais sem precisar de tratamento.

Confundir esgoto e drenagem prejudica o meio ambiente, além de diminuir a qualidade de vida.

 

25.01.2013

Assessoria de Imprensa da Cagece
Sabrina Lemos ( sabrina.lemos@cagece.com.br – 85 3101.1826/ 8878.8932)