Jornalista Mino Carta lança romance “O Brasil” no Dragão do Mar

15 de Abril de 2013

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC) traz nesta terça-feira (16) o jornalista Mino Carta, diretor de Redação de Carta Capital que fundou e dirigiu alguns dos mais importantes veículos de imprensa do país, para lançamento do romance O Brasil (Record). O evento acontece a partir das 19h30min, no Teatro Dragão do Mar, com apresentação de Ciro Gomes.

 

Responsável por publicações que fizeram história na imprensa brasileira, censurados durante a ditadura, Mino Carta recorre à literatura para provocar uma polêmica reflexão sobre o Brasil, promovendo uma investigação sobre a história do país a partir da morte de Getúlio Vargas. O historiador Alfredo Bosi assina o posfácio do livro que passeia entre as lembranças de uma Itália em plena Segunda Guerra Mundial e um Brasil em pungente transformação, o que possibilita ao leitor uma valorosa reflexão sobre o período.

 

Sinopse
“O Brasil” começa com a morte do presidente e a inquietação que a mesma provoca no personagem Waldir, professor de História e Geografia no Colégio do Estado, ao receber a notícia. Na busca de entender a repentina e estranha morte, Waldir vai com o filho ao encontro de um amigo linotipista no jornal mais importante da cidade, O Estado de S. Paulo. Num período em que a imprensa é a principal detentora das informações e a grande criadora de verdades, o professor Waldir, leitor fiel daquele grande jornal, é o tipo de paulista que sempre enxergou Getúlio Vargas com repulsa.

 

Sobre o Autor
Italiano naturalizado brasileiro, Mino Carta começou no jornalismo em 1950, cobrindo a Copa do Mundo como correspondente do jornal Il Messaggero, de Roma. Foi colaborador da revista Anhembi e redator da agência Ansa, em São Paulo. Mudou-se para a Itália em 1957, trabalhando como redator dos jornais La Gazzetta del Popolo, de Turim, Il Messaggero e como correspondente do Diário de Notícias do Rio e da revista Mundo Ilustrado. Em 1960 retornou ao Brasil, onde fundou e foi diretor de redação da revista Quatro Rodas. Também fundou e dirigiu a edição de esportes de O Estado de S. Paulo (1964/1965). Criou e dirigiu o Jornal da Tarde (1966/1968), a revista Veja (1968/1976), a revista IstoÉ (1976/1981) e o Jornal da República (1979/1980). Foi diretor de redação da revista Senhor, de 1982 a 1988, e da revista Istoé, de 1988 a 1993, veículos dos quais saiu para fundar a revista CartaCapital, da qual é diretor de redação. . Publicou os livros “O Castelo de Âmbar”  “Histórias da Mooca, com as bençãos de San Gennaro”, “O Restaurante Fasano e A Cozinha de Luciano Boseggia” e “A Sombra do Silêncio”. É doutor honoris causa pela Faculdade Cásper Líbero. Em novembro de 2006, recebeu o prêmio de Jornalista Brasileiro de Maior Destaque no Ano da Associação dos Correspondentes da Imprensa Estrangeira no Brasil (ACIE)

 

Serviço:
Lançamento do livro “O Brasil”, de Mino Carta
Editora Record / 356 páginas / R$ 44,90
Dia: 16 de abril de 2013
Local: Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Horário: A partir das 19h30min

 

15.04.2013

Assessoria de Imprensa do Dragão do Mar
Luciana Vasconcelos