Cid Gomes destaca fortalecimento da democracia para geração de oportunidades

17 de Abril de 2013

Com o tema “A Construção da Gestão Pública no Estado do Ceará”, o governador Cid Gomes proferiu a Conferência Anual do VI Congresso Consad de Gestão Pública, na manhã desta quarta-feira (17), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Ao lado do Governador estavam o secretário do Planejamento e Gestão, e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração, Eduardo Diogo, o prefeito Roberto Cláudio e o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Raul Araújo.

O governador Cid Gomes abriu sua apresentação lembrando que nas últimas décadas o Brasil venceu o desafio de implantar uma democracia política. “Falta a democracia de oportunidades iguais para todos, que ainda depende de um longo caminho. Considero que o maior desafio do nosso país é reduzir as desigualdades”, acrescentou.

Para o Governador,  há desigualdades regionais, com diferenças de renda e de qualidade de vida de serviços entre estados. “No plano social, você encontra num mesmo estado, numa mesma cidade, uma elite muita rica e uma grande maioria da população privada de serviços e direitos básicos”, pontuou.

Segundo ele, é responsabilidade do Poder Público nas três instâncias – governos federal, estaduais e municipais -assegurar à 100% dos brasileiros oportunidades iguais em vários caminhos, sendo o principal deles uma escola pública de qualidade “para que um dia se possa fazer justiça, com percentuais iguais de estudantes de medicina procedentes de escolas públicas e particulares”. É fundamental para concretizar esse sonho um estado forte com capacidade de investimentos para corrigir as desigualdades.

Ao abordar a situação do Estado, o Governador comparou a população e a participação do Ceará no PIB nacional. Com uma população de 8,5 milhões de habitantes, que corresponde a 4,4% da população brasileira, o Estado participa do PIB nacional com 2,15%. “Se vivêssemos num país equilibrado, o razoável seria que o Ceará tivesse 4,4% do PIB nacional. Objetivamente quer dizer que o cearense vive com metade da riqueza do brasileiro médio”, salientou Cid Gomes.

O governador enumerou várias ações em seu governo que estão contribuindo para mudar esse perfil. Citou, por exemplo,o Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic) , que o Governo Federal agora incorporou como política nacional. Destacou outras iniciativas como a implantação dos sistemas de Gestão Governamental por Resultados (S2GPR), de Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (MAPP), Central de Licitações, Rede de Planejamento, Cinturão Digital, Escola de Gestão Pública, Modernização do Sistema de Bens Imóveis e Mesa Estadual de Negociação Permanente. Citou ainda a construção de quatro hospitais regionais, centros odontológicos, policlínicas e escolas de educação profissional.

 

17.04.2013

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil – 85 3466.4898

comunicacao@casacivil.ce.gov.br