Primeiro paciente da UTI do Hospital Regional Norte é um aposentado

2 de Maio de 2013

Um aposentado de 74 anos foi o primeiro paciente a ser internado na UTI do Hospital Regional Norte, que começou a funcionar na terça-feira (30). Edmundo Domingues da Silva sofre de Doença Pulmonar Crônica. Com a abertura das UTIs, fica faltando somente a última etapa do cronograma de funcionamento do HRN, que é a abertura da urgência e emergência, prevista para o dia 20 de maio. “A população da macrorregião Norte já começa a sentir a melhoria na facilidade de acesso e na qualidade da assistência à saúde com o funcionamento do Hospital Regional Norte”, afirma o secretário da saúde do Estado, Arruda Bastos. Ele informa que 720 pacientes já receberam atendimento no hospital, com a realização de cirurgias, exames e consultas.       

Até a manhã deterça-feira o número de cirurgias, iniciadas no dia 18 de março, no novo hospital chegou a 40. Um das pacientes foi a dona de casa Clarice da Silva Souza, moradora do município de Varjota, que foi submetida a uma cirurgia de vesícula. Na sala do pré-operatório ela disse que todos os exames foram feitos no HRN: “fiz a ultrassonografia, o eletrocardiograma e os exames laboratoriais, de sangue e urina tudo aqui”. Outro paciente que também passou por uma cirurgia foi o jovem Duliano Parente, 18 anos. Ele é morador de Coreaú.

O Hospital Regional Norte fica em Sobral mas foi construído pelo Governo do Estado para atender moradores dos 55 municípios da macrorregião. Gente como a dona de casa Clarice, de Varjota, e o jovem Duliano, de Coreaú, e mais de 1 milhão e 500 mil habitantes de toda a região, que passa a ter no hospital serviços especializados que antes na rede pública, sem pagar nada, só eram realizados no Hospital Geral de Fortaleza, na Capital.   

Com 57.813,70 metros quadrados de área construída, na Rua John Sanford, 1.500, no bairro Junco, o HRN é o maior hospital do Interior do Nordeste. Tem 382 leitos e capacidade para realizar até 1.300 internações por mês.  Os dados dos pacientes estão em rede nos computadores, com acesso rápido e seguro para os profissionais.

Em obras e equipamentos foram investidos R$ 229.082.947,73, recursos do Governo do Estado e de financiamento com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

 

02.05.2013

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira/ Marcus Sá ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220/ 3101.5221 / 8733.8213 )
Twitter: @SaudeCeara
Facebook: www.facebook.com/saudeceara