Milho deve chegar ao Ceará durante o mês de junho

17 de Maio de 2013

As 30 mil toneladas de milho doadas pelo Governo Federal ao Estado do Ceará que chegarão de navio, aportam no Porto do Pecém durante o mês de junho. Nesta semana, o secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, e o superintendente estadual da Companhia Nacional de Abastecimento no Ceará (Conab), Agenor Pereira, conheceram a estrutura do Porto que será disponibilizada para receber, classificar e distribuir o milho.

Serão disponibilizados três armazéns no Porto do Pecém que receberão o milho após o descarregamento dos contêineres, sendo dois infláveis com 3 mil metros quadrados de área, cada e um estrutural, com área de 10 mil metros quadrados. Em seguida, o grão será ensacado no próprio terminal portuário e seguirá nos trens das linhas Norte e Sul da Ferrovia Transnordestina, para 20 estações ferroviárias, de onde partirá para armazéns apontados pelas respectivas prefeituras municipais e daí prossegue, por via rodoviária, para os demais municípios criadores no Interior do Ceará.

O secretário Nelson Martins recomenda às Prefeituras Municipais que peguem o milho nas estações indicadas para que ele seja distribuído para os criadores. “Precisamos do apoio das Prefeituras neste momento para que o milho chegue o mais rápido possível aos criadores”, afirmou. A saca de 60 quilos será vendida ao preço de R$ 18,10 para os agricultores familiares e a R$ 21 para os demais produtores rurais já cadastrados na Conab. “O dinheiro da venda do milho será utilizado para custear o transporte ferroviário para os municípios e também para investir na produção de forragem no Ceará”, completou o secretário.

Os produtores rurais devem procurar os escritórios da Ematerce para informar a quantidade que necessitam e fazer o pagamento do boleto. “A distribuição para os municípios obedecerá a demanda dos produtores, e vale ressaltar que só poderá comprar o milho o produtor que estiver em dia com a vacinação do rebanho contra a febre aftosa”, lembrou o secretário.

Segundo o superintendente da Conab no Ceará, Agenor Pereira, 15 mil toneladas de milho estão a caminho do Ceará pela via rodoviária. “Nós já comercializamos outras 13 mil toneladas nos armazéns do interior, onde os produtores também podem informar a quantidade que precisam”. A Conab está disponibilizando os seus técnicos para o apoio logístico na distribuição dos grãos para os produtores.

 

17.05.2013

Assessoria de Comunicação da SDA

Lúcio Filho / Amanda Sobreira ( ascom@sda.ce.gov.br / 85 3101.8105 – 8897.8510)

Twitter: @ImprensaSDA