Emergência do Hospital Regional Norte está em funcionamento

21 de Maio de 2013

Os primeiros pacientes atendidos na emergência do Hospital Regional Norte, em Sobral, vieram de vários municípios da macrorregião, como Alcântara, Acaraú, Santana do Acaraú, Ipueiras e Sobral. A emergência, com 38 leitos e 15 consultórios, começou a funcionar na segunda-feira (20)  recebendo pacientes adultos. Para o secretário da Saúde do Estado, Arruda Bastos, que acompanhou as primeiras horas da abertura da emergência, “a população dos municípios da macrorregião começa a perceber a diferença que faz ter a garantia de assistência num hospital amplo e estrutura qualificada”.  Ele comenta que ¨entre os fatores de satisfação para a gestão da saúde pública é conferir de perto, ouvindo dos próprios pacientes atendidos na emergência, os nomes dos municípios onde moram, o que confirma o perfil regional do novo hospital¨. O HRN foi construído pelo Governo do Estado em Sobral para atender o total de 1,6 milhão habitantes dos 55 municípios da macrorregião Norte do Ceará.

A gravidade dos casos no primeiro dia da emergência ficou entre leve e muito grave, conforme a Classificação de Risco. Oito pacientes receberam a pulseira laranja, com atendimento, no máximo, em 10 minutos porque foram classificados como casos muito urgentes. Para a sala de observação foram encaminhados13 pacientes. Desse total, 5 se recuperaram e receberam alta. A Classificação de Risco é o mesmo modelo adotado nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24 horas) e no Hospital Regional do Cariri. Com a Classificação de Risco, o tempo para o paciente ser atendido é com base na gravidade do caso. O paciente, após passar pela triagem, recebe uma pulseira com a cor correspondente ao tempo de atendimento. A pulseira vermelha é colocada no braço do paciente em caso de emergência, que necessita de atendimento imediato, zero minuto. A pulseira amarela, com 10 minutos, é entregue em caso muito grave, de atendimento praticamente imediato. O paciente que precisa de atendimento rápido, mas pode aguardar, recebe a pulseira amarela. O paciente menos grave, depois de passar pela triagem, pode ser atendido de 120 a 240 minutos ou encaminhado para outros serviços de saúde já que o HRN tem o perfil de média e alta complexidade.

HRN Prioridade       

O HRN é o maior hospital do interior da região Nordeste, com 57.813,70 metros quadrados deAssessoria de Comunicação da Sesa área construída. Fica na Rua John Sanford, 1.500, no bairro Junco. Tem 382 leitos e capacidade para realizar até 1.300 internações por mês.  Em obras e equipamentos foram investidos R$ 229.082.947,73, recursos do Governo do Estado e de financiamento com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).  O HRN é uma das principais obras do programa de expansão e melhoria da assistência à saúde da população que o governo do Estado desenvolve na capital e no interior. No programa estão outros três hospitais regionais. Entre eles o Hospital Regional do Cariri, que já funciona há dois anos em Juazeiro do Norte. Os outros dois são o Hospital e Maternidade do Sertão Central, em construção em Quixeramobim, e o Hospital Regional Metropolitano, com previsão de ficar pronto antes da Copa do Mundo 2014.

 

21.05.2013

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira/ Marcus Sá ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 – 3101.5221 – 8733.8213)

Twitter: @SaudeCeara

Facebook: www.facebook.com/saudeceara