Centro de Formação Olímpica do NE: Obras são iniciadas

14 de agosto de 2013

Foram iniciadas as obras de construção do Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO-NE), que será referência para a prática esportiva de alto-rendimento, treinamento de atletas, área de lazer para estudades e comunidade. O governador Cid Gomes assinou nesta quarta-feira (14) a ordem de serviço da obra que tem prazo de conclusão para novembro de 2014. “Umas das características da prática do esporte é a motivação e motivação é fundamental para a vida. Vou me dedicar pessoalmente para entregar a obra em novembro de 2014 para receber os primeiros atletas que vão competir nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro”, disse o Governador.

Ele destacou ainda que apresentou o projeto para a presidenta Dilma Rousseff no início do ano. De imediato, a Presidenta aprovou e defendeu que o Centro de Formação Olímpica tivesse abrangência  para  toda Região Nordeste. Ela assegurou ainda o repasse de R$ 200 milhões do Governo Federal para o CFO-NE – o Estado dará contrapartida de R$ 26,8 milhões. O valor total do equipamento é de de R$ 226.868.871,15,

CFO int2O CFO-Ne funcionará ao lado da Arena Castelão, na Avenida Alberto Craveiro. Os dois equipamentos  vão fazer parte do mais moderno, tecnológico e inteligente complexo de excelência esportiva do Brasil. O projeto do novo equipamento terá área total de 85.922,12m², sendo  45.117,87m² de área construída. O equipamento abrigará 26 das 32 modalidades olímpicas e prevê quadras, salas para lutas, piscinas olímpicas, pistas de atletismo, campo de futebol e ginásio poliesportivo de padrão internacional. Também está previsto hotel, praça de alimentação e alojamento para até 248 atletas.

A ex-atleta do vôlei de praia e atual secretária de Esporte de Sobral, Shelda Behar, falou em nome dos atletas cearenses. “O esporte promove a solidariedade, a vida saudável, o respeito, afasta o uso de drogas e estimula o pleno exercício da cidadania. O Governo do Estado abre mais ima porta para a solidariedade. Nós atletas somos gratos ao governador Cid Gomes”, disse. “Mais uma vez o Ceará dá exemplo. Viva a vida”, definiu Alberto Bial, técnico da equipe de basquete Sky/Basquete Cearense, que representou as federações esportivas.

O novo equipamento terá três eixos desportivos: desporto educacional, que despertará e estimulará os estudantes a prática esportiva; o desporto participativo, para que a comunidade faça do equipamento uma área de lazer de qualidade e saudável e o desporto de alto-rendimento, voltado para os atletas e para a prática de esporte competitivo.

CFO int4lO novo Centro abrigará o maior ginásio esportivo do Brasil – o único retrátil. Ele será multiuso e terá capacidade para  17.100 pessoas sentadas (modo jogo) e 20 mil pessoas (modo evento), além de camarotes, bares, salão e sala tecnológica para transmissões. Haverá piscinas (olímpica e de salto ornamentais), campo e pista de atletismo; ginásio para ginástica olímpica e lutas; pistas de skate e BMX; quadras de vôlei de praia e de tênis de saibro; alojamentos para até 248 atletas e heliponto. A construção será feita pelo Consórcio Complexo Olímpico do Ceará com as Construtoras Galvão Engenharia SA e Recoma Construções Comércio e Indústria LTDA.

Estiveram presentes à solenidade o vice-governador Domingos Filho, o vice-prefeito Gaudêncio Lucena, os secretários Gony Arruda (Esporte), Nelson Martins (Desenvolvimento Agrário), Evandro Leitão (Trabalho e Desenvolvimento Social), Danilo Serpa (Gabinete do Governador) ; Izolda Cela (Educação) procurador geral do Estado Fernando Oliveira; o presidente do Departamento de Arquitetura e Engenheria (DAE), Quintino Vieira;  a assessora especial de prevenção às Drogas, Socorro França; o presidente da Câmara Municipal, Walter Cavalcante.

CFO int3CFO int1

 

Modalidades Esportivas no CFO:

Atletismo

Natação

Badminton

Nado sincronizado

Basquete

Pentatlo

Boxe

Rugbi

Ciclismo

Tênis

Handbol

Taekwondo

Esgrima

Tênis de Mesa

Futebol

Tiro com Arco

Ginástica

Triatlo

Halterofilismo

Voleibol

Hoquei

Vôlei de Praia

Judô

Polo Aquático

Luta

Saltos Ornamentais

 

Informações básicas da obra:

Valor da Obra: R$ 226.868.871,15

Área construída: 45.117,87 m2

Financiamento: Governo do Estado e Governo Federal

Ginásio: 17. 100 pessoas sentadas (modo jogo)

              20 mil pessoas (modo evento)

              Camarotes, bares e salão multiuso

Piscinas: Olímpica e de salto ornamentais

Campo e pista de atletismo

Ginásio para ginástica olímpica e lutas

Pistas de skate e BMX

Quadras de vôlei de praia e de tênis de saibro

Alojamentos para até 248 atletas

Heliporto para duas aeronaves

 

14.08.2013

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br – 85 344.4898