Primeira estação do VLT fica pronta até o fim do mês de agosto

16 de agosto de 2013

As obras de implantação do ramal ferroviário Parangaba-Mucuripe, a ser operado por Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), deverá ter a primeira, das dez estações previstas, pronta até o final deste mês. A estação Rodoviária, cuja obra já está com a estrutura em aço e piso em fase de finalização, está localizada ao lado da rua Engenheiro Edmundo Almeida Filho, esquina com a avenida Borges de Melo, no bairro de Vila União.

Por conta da construção de um túnel por baixo dos trilhos do VLT na avenida Borges de Melo, a via terá a faixa de tráfego entre as ruas João Araripe e Via Láctea interditada no sentido oeste-leste (rodoviária-Base Aérea) a partir deste sábado (17). A medida deve perdurar por cerca de 180 dias. A faixa de tráfego em sentido contrário continuará liberada naquela avenida. Diariamente cerca de 15 mil usuários utilizam aquela avenida.

Conforme o coordenador de Transportes e Obras da Secretaria da Infraestrutura do Estado, o engenheiro André Pierre, a estação, logo que ficar pronta, deverá servir como amostra do modelos de oito das estações de passageiros, já que duas delas, a de Parangaba e Papicu, são diferenciadas devido ao fato de servirem de integração com outros modais de transportes coletivos. Logo que finalizado o equipamento deverá receber um VLT. “Dessa forma, a população vai ficar conhecendo mais de perto o modelo e a funcionalidade das estações” destacou o coordenador.

Interdição

Devido a interdição equipes da Seinfra, com apoio da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), estão prestando informações aos motoristas como proceder no tráfego durante o período de interdição. O trajeto alternativo recebeu sinalização e remodelação. Os motoristas que seguirem pela avenida Borges de Melo em direção à Base Aérea de Fortaleza deverão desviar à direita na rua João Araripe, dobrando à esquerda na rua Francisco Lorda, e à direita na rua Via Láctea alcançando novamente a av. Borges de Melo. A avenida continuará com a faixa no sentido Leste-Oeste liberada.

O VLTl vai operar em via dupla e fará conexão ferroviária de 12,7 km entre a Estação Parangaba e o bairro do Mucuripe, sendo 11,3 km em superfície e 1,4 km em elevado e se constitui em uma das grandes obras estruturantes no conceito de mobilidade urbana em Fortaleza para a Copa do Mundo da FIFA no Brasil em 2014. O VLT cruzará 22 bairros de Fortaleza e beneficiará cerca de 100 mil pessoas por dia quando em operação. Estão sendo investidos no novo modal recursos da ordem de R$ 276,9 milhões. São 20 frentes de obras em execução ao longo de todo a linha Parangaba-Mucuripe.

O Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) continua avançando com a construção de mais três estações de embarque e desembarque de passageiros, de um total de dez previstas pelo projeto. Com próximo à 40% de obra concluída, a entrega do o VLT à população está prevista para o primeiro semestre de 2014, a tempo da Copa do Mundo de Futebol, da qual Fortaleza será uma das subsedes. O consórcio executor das obras civis já trabalha na implantação das Estações Antônio Sales, Mucuripe e Pontes Vieira. As obras da estação Antônio Sales, nas proximidades da avenida de mesmo nome, estão na fase de execução de fundações e paredes em concreto armado, mesma situação da estação  Mucuripe, que fica próximo ao riacho Maceió. Já as obras da estação Pontes Vieira, que ficará próxima à Assembleia Legislativa do Estado, também teve seus trabalhos de terraplenagem prontos. Os trabalhos em outras três estações seguem de forma acelerada, são elas: Parangaba, Rodoviária e Iate.

Na Estação Parangaba, que será elevada e integrada ao terminal de ônibus, estão sendo feitos os trabalhos de cimbramento, forma e armadura de vigas e lajes e execução de formas e concretagem de pilares. Segue em andamento as obras de implantação do elevado de Parangaba, logo após a estação. Este trecho que terá quase um quilômetro de extensão e contará com 52 vigas de concreto, está recebendo as fundações entre Av. Germano Franck e início do elevado, concretagem de vigas pré-moldadas e travessas dos pilares.

A estação Rodoviária está na fase de reaterro, implantação de dutos de drenagem, instalações elétricas e hidrossanitárias, execução da bilheteria e banheiros, execução de forma, armadura e concretagem de pilares e concretagem da plataforma da estação.

Na obra do elevado da Aguanambi, no bairro de Fátima, no trecho situado ao lado do Comando da Polícia Militar, estão sendo realizados trabalhos de concretagem de vigas pré-moldadas, reaterro de blocos de fundação, execução de formas, armaduras e concretagem de travessas. No total serão 500 metros de extensão. A frente de obra já alcançou o outro lado da avenida Aguanambi concentrando agora seus trabalhos nas proximidades da ponte do canal do Tauape, perto da Base Aérea de  Fortaleza. Os serviços tem continuidade com a concretagem de pilares e blocos e execução de formas. A Ponte sobre Riacho Tauape está na fase de escavação do tubulão.

Na Estação Iate, no bairro do Mucuripe, foram feito os serviços de escavação, forma e armadura da fundação da estação, escoramento metálico para contenção de aterro existente e concretagem da sapata do equipamento.

A construção de um muro de arrimo ao longo da Via Expressa, entre as avenida Santos Dumont e Alberto Sá, no bairro do Papicu, também continua, já avançando após a rua Júlio Abreu. Estão sendo construídas também passagens inferiores nas avenidas Padre Antônio Tomás, Santos Dumont e Alberto Sá, além de passarelas dentre outros locais sobre as avenidas Expressa e Pontes Vieira. Ao mesmo tempo que ocorre a implantação do VLT estão sendo realizados trabalhos de remodelação da linha de carga que corre paralela à linha do ramal.

Estações

O projeto prevê, dentre outras, a construção de três tipologias de estação, sendo uma elevada em Parangaba, que fará integração com a Estação Parangaba – Linha Sul do Metrô de Fortaleza e o terminal de ônibus do Sistema Integrado de Fortaleza, a Estação elevada do Papicu (que fará a integração com a Linha Leste do Metrô e o terminal de ônibus) e outro tipo de padronização para as outras oito estações: Montese, Vila União, Rodoviária, São João do Tauape, Pontes Vieira, Antônio Sales, Mucuripe e Iate.

 

16.08.2013

Assessoria de Comunicação da Seinfra
Marco da Escóssia – (85) 3216.3764 (85) 8898.4318
marco.escossia@seinfra.ce.gov.br
@seinfrace
facebook.com/seinfraCE