Sejus disponibiliza formulário online para cadastro de denúncias

20 de agosto de 2013

Visando o cumprimento de sua missão institucional de promover o pleno exercício da cidadania, a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) disponibiliza para a sociedade cearense mais um canal para denúncias de violação dos direitos humanos. Trata-se de uma ficha de atendimento virtual, onde qualquer cidadão pode denunciar casos de tortura, tráfico de pessoas, desrespeito aos direitos das pessoas com deficiência e qualquer outra violação aos direitos humanos. A Sejus garante o sigilo de todas as informações fornecidas.

Para fazer sua denúncia, você pode clicar no link “Cadastro de denúncias”, que aparece no menu de serviços no site da Sejus, no lado direito da página. Clique aqui para acessar o formulário.

Através do cadastro, a Coordenadoria de Cidadania da Sejus busca não só dar apoio às vítimas, como também analisar o cenário das violações dos direitos humanos no estado, com o objetivo de construir políticas públicas que possam contribuir para a melhoria dos serviços prestados à população.

 

Confira algumas das áreas que podem ser feitas denúncias:

– Combate a tortura (lesão corporal, tortura)
– Tráfico de pessoas (exploração sexual, remoção de órgãos, casamento servil, trabalhos forçados) – Defesa dos direitos da pessoa com deficiência (acessibilidade, inserção no mercado de trabalho, discriminação e preconceito relacionado à deficiência)
– Defesa dos direitos humanos (crianças e adolescentes, mulheres, idosos, LGBTT, população carcerária, família e egressos, população em situação de rua, intolerância religiosa, raça e etnia, trabalho escravo).

Além destas, o denunciante também pode especificar qualquer outro tipo de violação durante o prenchimento da ficha. Ao receber a denúncia, a Sejus analisará o encaminhamento e, caso o denunciante tenha disponibilizado alguma forma de contato, a Secretaria da Justiça e Cidadania dará um retorno sobre a denúncia.

Hoje, a Sejus recebe denúncias por telefone ou pessoalmente, na sede localizada a Rua Tenente Benévolo, 1055 – Meireles, Fortaleza (CE), das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. Cada Conselho, Comitê e Núcleo dispõe de uma equipe técnica para atender todas as demandas e auxiliar a sociedade na defesa dos direitos humanos.

Núcleo de Enfretamento ao Tráfico de Pessoas (NETP): (85) 3101-2708
Comitê Estadual de Prevenção e Combate à Tortura: (85) 3252-2086
Conselho de Defesa dos Direitos Humanos (CDDH): (85) 3252-2239
Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CEDEF): (85) 3101-2870

 

20.08.2013

Assessoria de Comunicação da Sejus
Bianca Fellipsen – (85) 3101-2862 www.sejus.ce.gov.br
email: ascom.sejus@gmail.com
twitter:@sejus_ce
facebook: sejusceara